Inspiração

Aos19 anos, brasileiro se torna mais jovem do mundo a iniciar mestrado em Harvard

15 • 08 • 2019 às 10:48 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Não ser o melhor aluno da turma na escola não significa absolutamente nada sobre seu futuro acadêmico e profissional, e a história do jovem Mateus Costa Ribeiro é a prova cabal e incontestável de que eventuais notas ruins ou mesmo uma reprovação não devem desanimar ninguém. Até os 13 anos Mateus foi um aluno regular, não se considerava o seu desempenho bom, chegando a quase reprovar a sexta série. Quando entendeu, porém, que seus objetivos seriam proporcionais à sua educação, ele mudou sua maneira de ser – e agora, aos 19 anos, tornou-se o mais jovem estudante no mundo a ingressar no mestrado de Direito na universidade de Harvard, nos EUA.

Mateus Costa Ribeiro

A partir da 7a série ele passou a se destacar, e se dedicar com afinco aos estudos – inclusive em programas acelerados de aprendizagem e em aulas no Kumon. Quase como uma brincadeira ele prestou vestibular para a UnB ainda na escola, aos 14 anos – e acabou aprovado em sétimo. Com o apoio dos pais e uma autorização judicial, ele realizou supletivos e uma imensa bateria de provas – e conseguiu entrar em Direito na UnB em 2014. Quatro anos depois, com 18 anos e 5 meses, tornou-se o advogado mais jovem do Brasil.

O boletim de Mateus na 6a série

Aos 19 anos ele ingresso no mestrado da mesma universidade nos EUA de onde saiu, por exemplo, o ex-presidente Barack Obama como o mais jovem do mundo a conseguir tal façanha. Mateus tem consciência que só chegou onde chegou por ter recebido uma educação que iluminou seu caminho até aqui – e que os percalços que atravessou não o fizeram desistir nem definir que tipo de aluno ele de fato era.

Publicidade

© fotos: arquivo pessoal


Canais Especiais Hypeness