Debate

Após demissão de Dony, negociação milionária com plano de saúde vem à tona

por: Redação Hypeness

Depois de divulgar a colaboração entre Dony De Nuccio e o Bradesco, o Notícias da TV diz que o jornalista ganhou R$ 1,2 milhão com consultorias de comunicação para a Amil. 

Dony, segundo o site, prestava serviços de assessoria de imprensa para o plano de saúde e pensava em temas que poderiam atrair a atenção de veículos da imprensa, a Globo incluída. O apresentador recebeu R$ 1,2 milhão em seis parcelas de 200 mil reais. 

– Protagonismo da favela: Rene Silva e o Voz das Comunidades apontam o futuro do jornalismo

Amil e Globo não se manifestaram sobre o assunto. Já Dony, que também não falou sobre a Amil, se diz vítima de ataques. 

“Frente à recente onda de ataques que venho sofrendo, e com indícios de criminosa invasão de computadores, arquivos e mensagens, procurei vasculhar o histórico de dois anos de emails enviados por mim enquanto cumpria função na empresa. De fato, na esmagadora maioria das vezes, eu não tratava de valores com contratantes. Mas, em algumas circunstâncias pontuais, e das quais eu sinceramente não me recordava, há sim menção a cifras e projetos. Nos poucos casos em que isso aconteceu, a proposta geralmente não prosperou e a contratação não foi efetivada. De qualquer forma, fui traído pela memória. E me penitencio por isso”, escreveu no e-mail para Ali Kamel. 

Dony manteve conversas com a Amil, diz site

R$ 7 milhões e saída

O desligamento de Dony De Nuccio, que pediu para sair da TV Globo depois de faturado cerca de R$ 7 milhões com prestações de serviço junto ao Banco Bradesco, ainda reverbera. 

Como mostrou o Notícias da TV, o ex-apresentador do ‘Jornal Hoje’ fez tudo sem autorização da emissora, violando o código de conduta para jornalistas da casa. O pedido de demissão foi oficializado via e-mail enviado ao diretor de jornalismo da Globo. 

– Após faturar R$ 7 milhões com banco, Dony de Nuccio pede demissão da Globo

Ali Kamel aceitou a solicitação e elogiou a postura de Dony. 

“Agradeço sua carta honesta e transparente. Aceito o seu pedido de demissão com pesar mas, assim como você e pelas razões que você aponta, com a certeza de que é o melhor caminho a seguir. Entendo que é absolutamente sincero quando afirma que não agiu com dolo, e esta carta é uma prova eloquente disto. Nossa longa conversa de hoje cedo permitiu que eu entendesse as suas motivações e você entendesse as razões da Globo. Agradeço os anos em que trabalhou na Globo, que você descreveu tão bem. E o seu empenho e a sua dedicação. Um abraço e sorte na sua nova trajetória”, escreveu Ali. 

Fato é que a saída inesperada de Dony De Nuccio, que reclamou a exposição de seu sigilo financeiro, rendeu uma série de dúvidas sobre a relação entre, digamos, bicos de jornalistas fora do horário de trabalho e as regras da empresa. A Globo se posicionou em nota. 

“A direção de Jornalismo da Globo informa que foi procurada por alguns de seus jornalistas que relataram que foram contratados por terceiros para participação em eventos institucionais gravados em vídeo, mas sempre com proibição expressa de que as imagens fossem veiculadas ao público externo ou a clientes”, salientou. 

– Boa notícia? Temos: Maju Coutinho vai apresentar o ‘Fantástico’

O jornalista ganhou R$ 7 mi em prestação de serviço com banco

Assim como fez com Dony, a Globo afastou especulações de má-fé. 

“Em alguns casos, a participação se deu com autorização da Globo por não ferir as políticas atuais da empresa. Em outros casos, a participação foi inadequada, mas sem má-fé. Todos informaram  que não possuem empresas prestadoras de serviços de marketing, assessoria de imprensa ou de projetos de comunicação empresarial. A Globo, ciente agora de que persistem em algumas dúvidas sobre como agir diante de convites, informou que em breve um comunicado reiterará o que é proibido e o que não é, em detalhes, levando em conta a era digital em que vivemos”.

 

Publicidade

Foto: Reprodução/TV Globo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
10 personalidades que acreditam (mesmo) que a Terra é plana