Inspiração

Aposentado ganha carro em rifa, mas o devolve para ajudar mulher doente

por: Vitor Paiva

Ainda que busquemos sempre compensações e recompensas financeiras na vida, quase sempre o verdadeiro prêmio está justamente em oferecer ao invés de receber – na grande rifa da vida, o maior prêmio para nós é o outro quem recebe. Essa é a sabedoria que a história do aposentado paranaense Célio Pereira de Carvalho e de Margarete Mormul nos oferece, a partir de um duro diagnóstico e da rifa de um carro: Margarete teve de rifar o carro que utilizava para trabalhar, e Célio foi o grande vencedor do sorteio – quando soube, porém, da situação de Margarete, Célio decidiu não ficar com o carro.

Margarete e seu carro

Há alguns meses Margarete foi diagnosticada com dois tumores malignos no cérebro. A necessidade de cirurgia era urgente, e o custo era muito alto – ela então se viu tendo que vender seu meio de trabalho: ela trabalha como motorista particular. Por dois meses ela se dedicou a divulgar a rifa, que custava R$ 20 – Margarete chegou a participar de programas de televisão para trazer mais participantes para sua rifa. O valor levantado permitiu que a cirurgia fosse realizada.

Célio e Margarete com as rifas e a chave do carro

O momento em que Célio disse que não queria ficar com o carro que havia sorteado na rifa foi de especial emoção para Margarete, mas aparentemente mais ainda para o próprio Célio – que se disse muito satisfeito em poder ajudar. Desde o início o aposentado, que comprou quatro rifas, afirmou que não queria o prêmio.

O abraço emocionado entre os dois

Célio cumpriu sua palavra, e Margarete pôde seguir trabalhando, recuperada de seu difícil processo médico – com ambos como verdadeiros vencedores.

EM LONDRINA. MARGARETE MORMUL RIFA SEU CARRO PARA FAZER UM TRATAMENTO DE UM CÂNCER, E NA HORA DA ENTREGA PARA O GANHADOR ,QUE FOI O SERRALHEIRO CÉLIO PEREIRA, ELE ACABOU TENDO UM GESTO DE AMOR AO PRÓXIMO, E DEVOLVEU O PRÉMIO PARA A MARGARETE, E QUE ASSIM ELA PODERIA CONTINUAR COM A SUA ÚNICA FERRAMENTA DE TRABALHO E SEGUIR COM SEU TRATAMENTO.

Posted by Londrina na hora do fato on Wednesday, August 7, 2019

Publicidade

© fotos: reprodução/Facebook


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Festa de San Gennaro tem delivery e drive thru de comida italiana na edição de 2020