Inspiração

Brasileiros criam hashtag #DesculpaBrigitte para pedir ‘pardon’ à primeira-dama da França

por: Redação Hypeness

O insulto de Jair Bolsonaro contra a primeira-dama da França, Brigitte Macron, criou uma rede de solidariedade Atlântica. Franceses e brasileiros utilizaram a hashtag #desculpabrigitte para se solidarizar com a primeira-dama da França. 

– Primeira-dama da França volta a dar aulas para ensinar adultos desempregados

Brigitte ao lado de Emmanuel Macron e Angela Merkel no G7

Em meio ao debate acalorado entre líderes europeus e o governo brasileiro diante do incêndio de grandes proporções que atinge a floresta amazônica, o maior em sete anos, Jair Bolsonaro encontrou tempo para endossar um comentário machista de um seguidor no Facebook. 

O usuário publicou uma foto de Bolsonaro com sua esposa, Michelle, e de Macron ao lado de Brigitte. Ele, em seguida, depreciou a aparência da francesa. 

Jair Bolsonaro escreveu na sequência, “Rodrigo Andreaça, não humilha cara kkkk”. 

Bolsonaro endossou comentário machista de seguidor no Facebook

A declaração provocou fortes reações do governo da frança. Durante cúpula do G7 – encontro das sete nações mais ricas do mundo – , Emmanuel Macron classificou a postura de Bolsonaro como “triste”  e uma “vergonha” para mulheres brasileiras. 

– Merkel chama governo de dramático e Bolsonaro responde: “Alemães têm a aprender com Brasil”

Ao lado do presidente chileno, Sebastián Piñera, eleito como uma espécie de mediador da crise ambiental amazônica, Macron disse esperar que o Brasil tenha “muito rapidamente um presidente que se comporte à altura do cargo”. 

“Ele [Bolsonaro] fez comentários extraordinariamente desrespeitosos em relação à minha esposa. O que posso dizer? É triste. Mas é triste, sobretudo, para ele e os brasileiros. Penso que as mulheres brasileiras têm, sem dúvida, vergonha de seu presidente. Penso que os brasileiros, que são um grande povo, têm um pouco de vergonha de ver esse comportamento. Eles esperam, quando se é presidente, que se comporte bem em relação aos outros. E como eu tenho muito respeito e admiração pelo povo brasileiro, espero muito rapidamente que eles tenham um presidente que se comporte à sua altura”, declarou Emmanuel Macron. 

Na manhã de terça-feira (27), Bolsonaro negou as ofensas. Em rápida conversa com os jornalistas, o presidente brasileiro disse que não se envolve em assuntos de família. 

Confira os principais tuítes solidários:

1.

2.

3.

4.

5.

6.

7.

8.

9.

Publicidade

Foto: Andrew Parsons - Pool/Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ela desmente ‘corpos perfeitos’ de perfis do Instagram e tem mais seguidores que a maioria deles