Debate

Condenado por homicídio, goleiro Bruno usa regime semiaberto para tentar voltar ao futebol

por: Redação Hypeness

Condenado pela morte de Eliza Samudio, o goleiro Bruno conseguiu progressão para o regime semiaberto e de acordo com reportagem do G1, leva uma vida normal na cidade de Varginha, em Minas Gerais. 

Brasileiro é condenado à prisão perpétua no Reino Unido por matar a ex

– Conversamos com as Dibradoras, as minas que deram um bico no machismo pelo amor ao futebol

O goleiro treina em academia de luxo para voltar ao futebol, diz o G1

O ex-jogador profissional treina acompanhado de um personal trainer em uma academia de luxo da cidade e mantém vivo o sonho de voltar ao futebol profissional. 

Bruno Fernandes está no semiaberto há cerca de um mês. A permissão para dormir em casa se deu pois a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Varginha não convênio com Estado para receber presos. 

O homem de 34 anos é casado com Ingrid Calheiros e tenta levar uma vida normal. Almoços e passeios no shopping, são alguns dos programas. Sempre com o máximo de discrição possível. 

A vontade voltar ao futebol não é de hoje. Em 2017, Bruno viu a esperança de jogar bola ruir. O acerto para jogar o Campeonato Mineiro com o Boa Esporte, clube de Varginha, rendeu críticas e perda de dinheiro ao time. A repercussão fez com que o STF revogasse liminar que garantia a liberdade do goleiro. 

– ‘O discurso vem agressivo porque tá contaminado por anos de machismo’, diz Juliana Paes

O Boa prefere manter silêncio sobre um possível retorno de Bruno. Fato é que a condição do interno, que não pode viajar sem autorização da Justiça e precisa estar em casa entre 20h e 6h, torna o cenário difícil. A alternativa seria a prestação de serviços em obras, instituições públicas ou entidade conveniada ao Estado. 

Mariana Migliorini, advogada de Bruno, declarou ao G1 que o ex-jogador deve fixar residência em Varginha e que a definição do trabalho será passada ao juiz. 

Principal nome do clube de futebol mais popular do país, Bruno viu seu mundo cair com a prisão em setembro de 2010 e em 2013 a condenação. O ex-goleiro do Flamengo foi condenado por homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio e sequestro e cárcere privado do filho.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fogaça é internado em São Paulo e deixa fãs preocupados