Diversidade

Conheça o ‘Tem que ter’, primeiro banco de imagens gratuito só com imagens LGBTQ

05 • 08 • 2019 às 09:51
Atualizada em 11 • 08 • 2019 às 22:03
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A representatividade LGBT+ pode se dar nas formas e universos mais variados – e uma dessas maneiras é criar alternativas aos padrões e normas no uso de imagens para publicidades, reportagens e mídias em geral. Para isso a criação da primeira plataforma de fotos LGBT+ do país é um passo fundamental. Desenvolvida pelo coletivo gaúcho Viva Voz, o banco de imagens Tem Que Ter surge para justamente oferecer opções de fotografias para cobrir esse hiato importante na representação de pessoas homossexuais nas mídias mais diversas.

© foto: Cíntia Lazzarotto

A ideia é disponibilizar retratos exclusivos do cotidiano LGBT+ e fugir dos padrões normativos com os quais estamos infelizmente acostumados – trazendo imagens que desconstruam lógicas preconceituosas e estereotipadas. O “Tem Que Ter” foi um dos 14 trabalhos selecionados para receber as bolsas do SaferLab, iniciativa da SaferNet Brasil para estimular planos e ações que combatam os discursos de ódio na internet.

© foto: Patrícia Ricter

Segundo Fernanda Sanchis, uma das criadoras da plataforma, a pouca representatividade LGBT+ na publicidade, por exemplo, e o excesso de reproduções de padrões, pode ajudar justamente a disseminar ou solidificar preconceitos. “A presença LGBTQI+ na propaganda brasileira é quase nula, e as poucas manifestações que fogem do padrão heteronormativo acabam, muitas vezes, reforçando estereótipos. A gente entende que as mensagens criadas por marcas, negócios e agências de publicidade possuem impacto social, e podem ser utilizadas como ferramentas de promoção de diversidade”. Afirmou.

© foto: Urich Santana

O banco de imagens possui 150 fotos de 5 diferentes fotógrafos, que já estão disponíveis gratuitamente para download.

© foto: Ricardo Matsukawa

Publicidade

Canais Especiais Hypeness