Tecnologia

Designers criam jaqueta que reproduz defesa de lulas com 2 bilhões de esferas de vidro

por: Gabriela Glette

Para qualquer ramo da arte, não existe inspiração maior do que a própria natureza. Por isso, a inovadora empresa Vollebak – baseada em Londres, criou uma jaqueta pra lá de tecnológica, que reproduz o mecanismo de defesa das lulas, através de 2 bilhões de esferas de vidro. Inspirada na camuflagem adaptativa da lula negra, esta peça parece ter saído de um filme de ficção científica.

jaqueta defesa das lulas 1

Caso seja usada em lugares fechados ou com iluminação fraca, sua textura parece preta e lisa, mas quando é exposta à luz intensa, ela reflete todas as cores como se fosse um arco-íris. Se a proposta era camuflar e criar ilusões de ótica em poucas frações de segundo, a criativa empresa conseguiu. Porém, a tecnologia não acaba aí. Além disto, a jaqueta Black Squid também é totalmente à prova d’água e vento.

jaqueta defesa das lulas 2

Steve Tidball – um dos fundadores da marca, explicou o processo de criação da peça: Enquanto a lula usa estruturas semelhantes a placas microscópicas na superfície de sua pele para mudar de cor, nossa jaqueta usa esferas de vidro microscópicas estruturadas”. Apesar de parecer um tanto bizarro vestir uma peça com tanto vidro, as esferas são invisíveis a olho nu. Com cerca de 40 mil em cada centímetro quadrado, o casaco é ideal para esportes de neve, como esqui e snowboard.

jaqueta defesa das lulas 3

Quando você imaginou utilizar uma peça de roupa que muda de cor conforme a incidência de luz? Pois é, aparentemente o futuro chegou! No entanto, tanta tecnologia tem seu preço. A jaqueta já está sendo vendida por 995 dólares (cerca de 4 mil reais).

jaqueta defesa das lulas 5

Apostando na tecnologia e em materiais pra lá de improváveis, esta não é a primeira coleção futurista da marca. No ano passado, eles lançaram uma camiseta de fibra de carbono, feita de fibra normalmente encontrada em motores a jato, como por exemplo o grafite.

jaqueta defesa das lulas 4

Tinta preta

Utilizada para confundir predadores, um animal pequeno – de cerca de 20 cm, pode armazenar até 1 litro de tinta preta. Além da melanina, que escurece a água, o líquido também contém tirosinase, lisina e ácido aspártico, enzimas que irritam e atordoam os predadores. Após liberar este mecanismo de defesa, as lulas começam a sintetizar novamente a substância e, no máximo um dia depois, o reservatório já está completo de novo.

jaqueta defesa das lulas 6

jaqueta defesa das lulas 7

jaqueta defesa das lulas 9

jaqueta defesa das lulas 10

jaqueta defesa das lulas 11

Publicidade

Fotos: divulgação


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Netflix finalmente destaca novidades e avisa quando um novo programa fica disponível