Inspiração

Ele descobriu um jeito genial de capturar pescadores ilegais fingindo ser um salmão gigante

Gabriela Glette - 11/08/2019

Esta poderia facilmente ser uma daquelas anedotas contadas pelo seu tio preferido no almoço de domingo na casa de sua avó. Porém, ela é tão real quanto incrível e foi compartilhada nesta semana por um usuário do Tumblr. Terry Grosz terminou sua vida como escritor, mas houve uma época em que ele trabalhava como guarda florestal e seu trabalho consistia em caçar pescadores ilegais. Entretanto, quando ele ainda não conhecia as leis e ninguém lhe dava instruções, o funcionário criativo decidiu improvisar fingindo ser um salmão gigante.

pescadores ilegais 1

Tudo começou quando ele vestiu uma roupa de mergulho e esperou que os pescadores ilegais lançassem suas linhas à noite. E foi aí que eles literalmente morderam a isca. Neste momento, a falta de luz era sua aliada e ele pôde fingir que era um imenso peixe e se enrolar na linha de pesca: Eu continuei puxando e puxando, puxando e puxando [a linha]. E ele gemendo. E foi difícil não rir porque eu sabia que ele ficaria surpreso”. Poucos instantes depois, os pescadores ilegais foram presos: “Bom dia senhores. Vocês estão presos”.
pescadores ilegais 2

Terry passou grande parte de sua vida protegendo a vida selvagem na Califórnia. Esta e diversas outras histórias parecidas estão no livro “Wildlife Wars“, no qual ele relata os perigos reais de lidar com pessoas que lucram com ações ilegais contra a vida selvagem. Grosz foi diretor de caça do Departamento de Caça e Pesca da Califórnia – de 1966 a 1970, e depois agente especial e diretor regional assistente para a aplicação da lei no Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos, em Denver – Colorado, até 1998. Ele faleceu em fevereiro de 2019 e lutou pela vida selvagem até o fim de seus dias.

pescadores ilegais 3

Publicidade

Fotos: checkconnect


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
District Six: a incrível (e terrível) história do bairro boêmio e LGBTQI+ destruído pelo apartheid na África do Sul