Ciência

Essa ‘flauta purificadora’ é capaz de fornecer água potável para milhões de pessoas

por: Vitor Paiva

Se a água é o elemento fundamental da vida no nosso planeta, a ausência dela muito rapidamente pode significar a morte. Atualmente cerca de 1,1 bilhão de pessoas no mundo não possuem acesso fácil à água potável – e não por acaso milhões de pessoas morrem anualmente por infecções decorrentes de bactérias e protozoários presentes em fontes de água não tratadas. Uma importante ferramenta, porém, foi desenvolvida para ajudar a contornar essa realidade insuportável mas recorrente em países pobres (ou mesmo em áreas mais pobres de países desenvolvidos como o próprio Brasil): o LifeStraw.

Como o próprio nome sugere, trata-se de um canudo capaz de trazer a vida a quem não tem acesso à água limpa. O LifeStraw é um dispositivo que parece com uma flauta, mas que é capaz de filtrar 99,99% das bactérias diretamente no momento em que o líquido é sugado, através do canudo, diretamente de rios, lagos ou outras fontes eventuais.

Assim, sem temer por infecções e doenças em geral, essas populações podem beber diretamente das fontes tendo o LifeStraw e a própria água purificada como a diferença entre a vida e a morte.

O dispositivo possui um custo baixo e uma durabilidade especial, capaz de filtrar até 5400 litros de água sem prejuízos. Em um cálculo rápido, um canudo somente é capaz de manter uma família de 4 pessoas devidamente hidratada por cerca de cinco meses.

Além do LifeStraw, a empresa responsável pelo desenvolvimento também possui uma linha de garrafas térmicas e jarros de tratamento – e doa parte de seu lucro para crianças carentes por todo o mundo.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Estudantes brasileiros constroem ponte de macarrão capaz de aguentar 132 Kg