Inspiração

Modelo cearense se torna a primeira trans a trabalhar na Victoria’s Secret

por: Vitor Paiva

Em meio a uma onda de críticas que a Victoria’s Secret vem enfrentado de modo geral e em seu desfile anual – pela ausência de representatividade de modo geral entre as participantes – a marca anuncia enfim um marco: a primeira modelo transexual a integrar o time da gigante da lingerie estadunidense. E a incrível notícia é ainda motivo especial de orgulho para nós, brasileiros – pois a escolhida foi Valentina Sampaio, uma modelo cearense de 21 anos.

Valentina estará no próximo catálogo da linha Pink, da grife e, para ela, o convite foi “um sonho realizado que representa muito”. Natural da cidade de Aquiráz, na região metropolitana de Fortaleza, a carreira de Valentina e sua presença entre as modelos da Victoria’s Secret foi notícia no mundo todo, e comemorada na internet por diversas celebridades, como a atriz trans Laverne Cox, que resumiu o sentimento: “Uau! Finalmente!”, escreveu.

Esse não é de forma alguma o primeiro tabu derrubado pela incrível carreira em ascensão de Valentina: a cearense se tornou, em 2016, a primeira mulher trans a ser garota-propaganda da marca L’Oréal Paris. Também na capital francesa, a modelo foi novamente pioneira, em 2017, ao ser a primeira modelo trans a estampar a capa da revista Vogue Paris. Sua carreira começou em 2014, no Dragão Fashion Brasil, evento de moda do Ceará.

Valentina na capa da Vogue

Publicidade

© fotos: Instagram/Divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Esposa compartilha fotos inéditas do ‘caçador de crocodilos’ Steve Irwin e seu filho