Inovação

Para combater a crise da privacidade, Facebook abrirá um café em Londres

por: Vitor Paiva

A crise da privacidade no Facebook já é antiga e crônica –a quebra e venda sistemática de informações dos usuários, que já foi a mina de ouro para a rede social de Mark Zuckerberg, vem se tornando a ruína, para muitos irreversível, da mais popular plataforma social do planeta. A fim de tentar reverter esse quadro, o Facebook vem implementando projetos de tipos diversos – o mais recente anúncio traz a abertura de cafés pop-up no Reino Unido, oferecendo bebidas gratuitas para um check-up da privacidade dos usuários no Facebook.

A ideia é tentar conduzir o debate sobre privacidade nas redes, e ainda estimular os usuários a configurarem de forma devida seus perfis, para proteger suas informações e personalizar a experiência no Facebook. A escolha do Reino Unido não é, assim, por acaso: segundo uma pesquisa, 27% dos usuários de Londres não sabem personalizar os filtros e parâmetros de privacidade em seus perfis.

O café pop-up em Nova York

Além de Londres, a cidade escocesa de Edimburgo também receberá um dos cafés. Essas, porém, não são as primeiras cidades a hospedarem iniciativas desse tipo a partir do Facebook: no ano passado um café temporário foi instalado em Manhattan, na cidade de Nova York, onde funcionários da empresa ofereciam conselhos e instruções para quem queria configurar a privacidade de seu perfil – tudo devidamente amenizado por um cheiroso e fumegante chocolate quente gratuito.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Hambúrguer vegetal vende 6 vezes mais que o esperado e Seara anuncia linha completa