Sustentabilidade

Pesquisadores chilenos conseguem, por pouco, salvar espécie de rã prestes a ser extinta

30 • 08 • 2019 às 05:00 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

As rãs do Loa só existem no rio Loa, no norte do Chile. Em risco de extinção, os últimos animais da espécie estavam desidratados devido à seca. Antes de que o pior ocorresse, pesquisadores do país transportaram 14 deles para o Zoológico de Santiago.

Os animais encontram-se atualmente no Centro de Reprodução de Anfíbios do Zoológico, onde serão alimentados e, posteriormente, estimulados a se reproduzir para que sua população aumente. De acordo com o Good News Network, estes podem ser os últimos exemplares da espécie, o que faz dela o vertebrado com maior risco de extinção no país.

sapo loa sendo segurado por pessoa com luvas

Rã do Loa. Foto: Ministério da Habitação e Urbanismo do Chile

Próximo à cidade de Calama, em pleno deserto do Atacama, o rio Loa enfrenta fortes secas como resultado da mineração, agricultura e do desenvolvimento imobiliário na região. As rãs foram encontrados em uma pequena poça lamacenta – um dos poucos locais que restava ainda com água.

Em vídeo, a Ministra do Meio Ambiente do Chile, Carolina Schimdt, diz ter esperança de que a espécie consiga se recuperar e possa retornar ao seu habitat natural. A região em que o rio Loa se localiza deverá ser protegida para que os animais tenham condições de sobreviver no local.

Publicidade

Foto: Ministério da Habitação e Urbanismo do Chile


Canais Especiais Hypeness