Inovação

Sony cria ar condicionado vestível para encaixar na camiseta

15 • 08 • 2019 às 16:46
Atualizada em 16 • 08 • 2019 às 11:53
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Quando o calor é insuportável, qualquer lugar com ar-condicionado se transforma em um convite irrecusável – e vamos ao cinema sem querer de fato ver o filme, ou entramos em lojas que não nos interessam só para aproveitar alguns instantes de frescor. Pois com a nova invenção da Sony, essa dinâmica se inverterá – e ao invés de andar até o ar-condicionado, é o ar que anda com você: mais precisamente dentro da sua camisa. E, para os dias de frio, o ar vira um aquecedor portátil.

A novidade, que mais parece tirada de um filme futurista ou de uma história de ficção científica, se chama Reon Pocket e está em processo de desenvolvimento para ganhar os mercados em breve. O ar-condicionado “vestível” da Sony foi lançado em pré-venda através de uma plataforma de financiamento coletivo, ultrapassando a meta rapidamente.

A ideia é que o produto esteja à venda em março de 2020 no mercado japonês, por cerca de R$ 440.

O Reon Pocket será encaixado no bolso de uma camiseta especial na altura do pescoço. Sem emitir ruídos nem fazer um grande volume – é menor e mais fino que um smartphone, podendo ser utilizado até mesmo debaixo de camisas, ternos ou paletós – o gadget é capaz de baixar a temperatura do corpo em até 5ºC – ou aumentá-la em até 10ºC. O Reon Pockert é controlado por um app no celular, e possui uma bateria que dura até 24 horas. O futuro, pelo visto, já chegou – e ele pode ser tanto refrescante quando devidamente quentinho.

Publicidade

© fotos: divulgação


Canais Especiais Hypeness