Sessão Hype

Telecine promove pré-estreia de “Socorro, Virei Uma Garota” com audiodescrição

por: Redação Hypeness

Depois de levar a autora Thalita Rebouças para conversar sobre empoderamento feminino com adolescentes da periferia de São Paulo, o Telecine promove uma nova iniciativa social. Na última quarta-feira, 21, a empresa realizou a primeira sessão de pré-estreia do filme “Socorro, Virei Uma Garota” com audiodescrição para deficientes visuais. 

Foto: Reprodução “Socorro, Virei Uma Garota”

A comédia teve sua estreia no circuito comercial na quinta-feira, 22. Brasileiríssima, a obra conta a história de Júlio (Victor Lamoglia), um garoto que deseja se tornar o mais popular da escola. Graças a um pedido feito a uma estrela cadente, o sonho se torna realidade, mas de uma maneira diferente da esperada… Júlio se transforma em Júlia (Thati Lopes) e precisa aprender a se virar em um corpo feminino. 

Foto: Reprodução “Socorro, Virei Uma Garota”

A projeção acessível foi realizada no Kinoplex Itaim (Brascan Open Mall), em São Paulo. Durante o evento, um grupo de cerca de 200 portadores de deficiência visual atendidos pela Fundação Dorina Nowill para Cegos pode curtir o filme “Socorro, Virei uma Garota”, que estreou no circuito comercial no dia seguinte. 

A Fundação Dorina Nowill é uma organização sem fins lucrativos que há mais de 70 anos se dedica à inclusão social de pessoas com deficiência visual. Um ônibus buscou os convidados na instituição e os levou até o cinema. Entre eles, pessoas de todas as idades, que foram acompanhadas no caminho à projeção pelo time da Oito. A equipe de apoio auxiliou as pessoas até seus assentos, onde, após sentadas, receberam pipoca, água e refrigerante. 

Foto: Divulgação

Tudo foi pensado para oferecer 100% de acessibilidade, inclusive na hora da locomoção. As escadas rolantes que existiam no caminho foram desligadas, visto que podem causar acidentes caso alguém que não enxerga as acesse por engano. 

Foto: Divulgação

“Poder desfrutar o cinema com audiodescrição é como assistir a um filme com os ouvidos. Eu que sempre fui aficionado pela sétima arte e poder voltar a viver essa experiência, mesmo após ter perdido a visão, me deixa muito feliz”, disse Rigoberto Barbosa, 50 anos, um dos convidados da sessão.

Foto: Divulgação

Após o anúncio do início do filme, aplausos reverberaram na sala, anunciando como seria a reação do público. Com uma recepção muito positiva, os convidados saíram comentando sobre a sessão e pedindo por mais eventos assim. 

De fato, sessões com audiodescrição já ocorrem periodicamente no Rio de Janeiro e em São Paulo. Até hoje, mais de 3 mil pessoas puderam assistir filmes graças a iniciativas similares. 

Ficou curioso para ver o filme também? Espia o trailer abaixo e aproveita que os assinantes Telecine pagam meia nos cinemas

Publicidade

Crédito sob as imagens


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Netflix vai contar história de 1ª negra milionária dos EUA