Agenda Hypeness

Agenda Hype: 29 eventos para amar linda e livremente

por: Gabriela Rassy

Ah, o calor. Ele chama o amor, não é? Na agenda desta semana, boas doses de arte e cultura para atrair o mais puro love para o fim de semana. E ninguém precisa te dizer o que é o amor ou como amar. Pegue na mão, beije, abrace e vem com a gente ver o melhor da semana.

Fora do eixo SP-RJ, rola a segunda edição do festival MECABrennand, dia 14 de setembro, em Recife (PE). A programação cacontece na Oficina Cerâmica Francisco Brennand e tem atrações Tulipa Ruiz, Romero Ferro, Mombojó Shevchenko & Elloco, Noporn e 9K, além de talks e do painel “Pernambuco é pop – Como os memes, o cinema e a música pernambucana dão identidade para a cultura do Brasil”. No Palco Principal, Patricktor4 abre a pista para grandes nomes da música.

A  sexta edição do maior festival de música, arte e cultura independente do interior de Minas Gerais aconteve de 13 a 15 de setembro, em Uberlândia. Com o tema “Só o amor nos completa”, o Festival Timbre levanta a bandeira do respeito e da diversidade com shows de DKVPZ com Baco Exu do Blues, Tuyo com Lucas Silveira (Fresno), o mineiro Bemti com Roberta Campos e Jaloo com a estreia seu novo projeto musical com o grupo paraense Strobo, intitulado de “Os Amantes”.

Em São Paulo tem festival Latinois na Olido, show da Lia de Itamaracá (aliás, já viu Bacurau?), da Drik Barbosa, do Edgar, além de lançamento do Siba. Vale passar na Pinacoteca para ver a exposição da Grada Kilomba – apenas a autora mais vendida da Flip 2019 -, pelo Shell Open Air e pela mostra de Sexta 13 no MIS.

No Rio, foco nos shows gratuitos de Vanessa da Mata e Letrux, além do show lindo de Curumim com participação da deusa Anelis Assumpção. Tem ainda a mostra de cinema “O Jazz vai para Hollywood”, Festival Cervejeiro e a deliciosa Minha Luz é de Led com show de Potyguara Bardo.

Vem na minha!

São Paulo

#multicultural

Festival Latinois Sem Fronteiras @ Centro Cultural Olido
Sábado, 14, das 16h às 23h
Grátis – contribua com o chapéu
Festival Latinois Sem Fronteiras é o encontro de artistas independentes imigrantes, circenses e poetas, a convite do coletivo do Ouvidor 63 em parceria com Sarau das Américas, Visto Permanente e do CRAI (Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes) para celebrar a resistência da arte de rua, das ocupações artísticas, da cultura coletiva. O bloco Cumbia Calavera abre os trabalhos seguido de Visto Permanente, Sarau das Américas com microfone aberto, circo, comidas típicas e muito mais.

#gastronomia

2º Festival do Cannoli @ Centro de Eventos São Luís
14 e 15 de Setembro | Sábado, das 12h às 20h, e Domingo, das 10h às 18h
Grátis
O foco é um dos doces mais amados dos paulistanos italianos ganha uma festa toda sua. Mas é claro que chega acompanhado de outras delícias doces e salgadas para o festival!

#show

Lia de Itamaracá | part. Alessandra Leão e Ilú Obá de Min @ Casa Natura Musical
Sexta, 13, 21h
R$ 20 a R$ 100
Lia de Itamaracá, ícone da ciranda no Brasil e patrimônio vivo do Estado de Pernambuco, viaja pelos ritmos do nordeste brasileiro nas 14 canções do Ciranda de Ritmos. Neste show convida sua parceira musical e conterrânea, Alessandra Leão e o bloco afro Ilú Oba de Min, que homenageará a rainha da ciranda em seu desfile de 2020. Neste trabalho, Lia passeia pela sonoridade pernambucana com canções suas, de outros compositores e de domínio público. Entre as de autoria própria, estão “Moça namoradeira” e “Santa Tereza”.

Estéreo MIS com Drik Barbosa @ MIS
Sexta, 13, 21h
R$ 14
A paulistana apresenta ao público as músicas de seu primeiro EP, “Espelho” (2018), cuja sonoridade transita entre rap e R&B. “O EP se chama Espelho porque reflete a minha personalidade e quando levo essas músicas para o palco, diante de tanta gente, é como se houvesse outro tipo de reflexo, identificação e, como consequência, troca”, define Drik.

Siba lança “Coruja Muda” @ Sesc Pompeia
Sexta e sábado, dias 13 e 14, 21h30
R$ 30 (inteira)
Coco. Coco de Roda, de Embolada, Rural, Zambê e Toré. São essas as palavras que entregam, uma a uma, muito do que o público vai ouvir no quentíssimo “Coruja Muda”, terceiro álbum solo de Siba. Produzido por João Noronha, em parceria com o próprio Siba, o registro também apresenta canções que não obedecem ao tema principal e se conectam pelo som, como as regravações de “Toda Vez que eu Dou Um Passo…” e “Meu Time”, além da inédita “Azda”, uma versão criada por Siba para o clássico composto originalmente por Franco – importante artista africano dos anos 70.

Edgar @ Sesc Belenzinho
Sábado, 14, 21h30
R$ 30
Muito além de rimas rápidas embaladas por batidas elaboradas, Edgar entrega todo um conceito em seu trabalho. Seja no disco mais recente “Ultrassom” (Deck/2018) ou em suas performances presentes em listas de melhores do ano pela crítica, o artista capaz de ir além da alcunha de rapper, transformando-se em um multiartista que une rimas, consciência sociopolítica e artes visuais. Acompanhado por Angelo Medrado e David Bovée na MPC, Edgar apresenta músicas como “Go Pro”, “Plástico”, “Felizes Eram os Golfinhos”, “O Amor Está Preso” e “Print”.

Mateus Aleluia no Auditório Ibirapuera
Domingo, 19h
R$ 30
O cantor, compositor e instrumentista Mateus Aleluia – remanescente do trio vocal Os Tincoãs (1963) – apresenta Aclamação a Olorum, espetáculo que propõe um passeio pela cultura e pela espiritualidade afro-brasileiras e une música popular a ritmos de terreiro. O repertório da apresentação é composto de canções inéditas e sucessos de trabalhos solo e em grupo do artista.

#festa

Happy Hour Olido com Paulo Tessuto @ Centro Cultural Olido – Vitrine da Dança
Sexta, 13, às 18h
Grátis
O DJ e ex-jogador de basquete Paulo Tessuto comemora mais de uma década de discotecagens e leva sua Festa Capslock para o Happy Hour Olido. Com suas performances irreverentes, o artista colaborou com a revolução da nova fase da cena independente. Em 2014, criou o personagem Carlos Capslock que lhe deu fama nos rolês paulistanos e apresenta seu lado mais divertido e insano atrás das pick-ups.

Jardim das Delícias @ Casa Híbrida
Sexta, 13, 21h
Grátis até 22h, R$ 10 depois
Pra começar bem o fim de semana nada como drinks e boa música na festa Jardim das Delícias. Nosso Dj residente, Fred Lima (Festa Realce), traz toda semana convidados pra rodar os discos nas pickups com muita música brasileira, rock e soul. Vem pro jardim mais gostoso de SP!! Nesta sexta, DJs Fred Lima, Luciano Malasia e Odara Kadiegi.

Bloco Lua Vai @ Mundo Pensante
Sábado, 14, 23h
Grátis para xs 25 primeirxs e R$ 25 a R$ 35 na porta
No show os cremes do pagode 90′. Muito Raça Negra, SPC, Molejo, Soweto, e tudo que a gente ama cantar e sambar junto. A festa é um Baile 100% brasilidades dançantes sem preconceito balances, batuques, samba, disco, tropicalias, funks, bumbunzadas.

#cinema

Shell Open Air
De 11 a 29 de setembro
A partir de R$ 25
Com uma seleção especial de clássicos e sucessos de bilheteria, shows e um espaço gastronômico, a super tela de 325m² do Shell Open Air, do tamanho de uma quadra de tênis, volta a São Paulo. Entre os dias 11 e 29 de setembro, o Jockey Club abrigará o maior cinema ao ar livre do mundo, exibindo filmes premiados, clássicos modernos e produções infantis. Destaque para a noite de sexta com o filme “Infiltrado na Klan” e a banda Academia da Berlinda.

Maratona Sexta-Feira 13 @ MIS
Sexta, 13, às 23h
Grátis – distribuição uma hora antes da primeira sessão
O MIS preparou uma maratona de filmes para os fãs do gênero terror aproveitarem durante a madrugada da Sexta-Feira 13. O Museu traz uma seleção especial de longas de terror/suspense contemporâneos, que serão exibidos em sequência: “Corra!”, “Nós” e “Mãe”. E, para abrir a programação, o público irá conferir o curta “Nervo”, desenvolvido pelo 3º Núcleo Experimental de Cinema do MIS.

#arte

Grada Kilomba: Desobediências Poéticas @ Pinacoteca
Até 30 de setembro – De quarta a segunda, das 10h às 17h30 – com permanência até as 18h
R$ 10
A artista interdisciplinar Grada Kilomba nasceu em Lisboa, em 1968, com raízes em São Tomé e Príncipe, Angola e Portugal. Atualmente vivendo e trabalhando em Berlim, sua obra tem sido apresentada nas principais exposições e instituições pelo mundo. Também é autora do livro Plantation Memories (2008) e co-editora de Mythen, Subjekte, Masken (2005), uma antologia interdisciplinar de estudos críticos da branquitude. Conhecida por sua escrita subversiva e pelo uso não convencional de práticas artísticas, Kilomba cria intencionalmente um espaço híbrido entre as linguagens acadêmica e artística, dando corpo, voz e imagem a seus próprios textos por meio de leitura cênica, performance, instalação e vídeo. “Quem fala? Quem pode falar? Falar sobre o quê? E o que acontece quando falamos?” são questões permanentes em seus trabalhos, nos quais a artista cria imagens singulares para desmontar os conceitos de conhecimento, poder e violência.

A artista e escritora Grada Kilomba

A artista e escritora Grada Kilomba

Exposição Paisagens de Vincent van Gogh @ Pátio Higienópolis
Até 15 de setembro | Segunda a sábado, das 10h às 22h (última sessão às 21h30), Domingos, das 11h às 20h (última sessão às 19h30)
Grátis
Inspirada em paisagens retratadas em cinco das telas mais famosas e nas centenas de cartas que o pintor holandês escreveu, a exposição permite a imersão do visitante em oito cenários. Os recursos de sons, cores, projeções e aromas levam o visitante a uma viagem dentro da obra e da vida de Vincent van Gogh.

Man Ray em Paris @ CCBB
Até 28 de outubro, todos os dias, das 9h às 21h, exceto às terças
Grátis
Esta retrospectiva, apresentada pela primeira vez no Brasil, abrange a imensa e multiforme obra de Man Ray. Conhecido principalmente por sua fotografia, mas também criador de objetos, realizador de filmes e faz-tudo genial, Man Ray chega a Paris em 1921, onde permanece até a Segunda Guerra Mundial e para onde retorna definitivamente em 1951. Foi nessa cidade que sua arte original se desenvolveu e mais repercutiu. Esta exposição elucida, por meio de quase 250 obras, a lenta maturação de Man Ray, bem como apresenta um panorama completo de sua criatividade.

[As lágrimas], 1932, Tiragem moderna © Man Ray 2015 Trust

#cênicas

Bolhas @ SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt,
13 de setembro a 14 de outubro | sextas, aos sábados e segundas-feiras, às 21h, e adomingos, às 19h.
R$ 30 (inteira) e R$15 (meia-entrada e classe artística)
Mãe e filho se amam na mesma medida em que se machucam. Ela, pastora evangélica, de pensamento fundamentalista e ele, filho único, homossexual, em processo de rompimento com a igreja. Não existe acordo. Vivem em cidades distintas há alguns anos e estão planejando um reencontro. As tensões e expectativas por esse momento se misturam às lembranças de sua conturbada relação. Em cena, ambos presentes, dialogam sem se comunicar.

Rio de Janeiro

#show

Nando Reis @ Clube dos Aliados
Sexta, 13, 22h
R$ 30 a R$ 60
Na turnê “Esse Amor Sem Preconceito”, que estreia no mês junho, o cantor e compositor paulistano traça paralelos poéticos e musicais entre sua obra autoral e os clássicos de Roberto Carlos. O espetáculo se baseia no novo álbum de Nando.

Estação Rio | Vanessa da Mata e Letrux @ Praça Mauá
Sábado, 14, 18h
Grátis
Esta edição do #EstaçãoRio é parceira do Geração do Amanhã, um festival que vai trazer no sábado reflexões sobre o futuro do planeta e ações que podem ser feitas agora para ajudar a construir um mundo melhor, além de shows gratuitos de Vanessa da Mata e Letrux.

Curumin part. Anelis Assumpção + Luana Karoo e Tata Ogan @ Galpão Ladeira das Artes
Sábado, 14, 18h as 22h
R$ 35 a R$ 50
De volta ao Galpão, Curumin toca seu icônico disco “Japan Pop Show” lançado em 2008 e outros clássicos de sua longa trajetória. Com participações especiais de Anelis Assumpção (!) e Luana Karoo, além da DJ Tatá Ogan na seleção.

#festa

Vitrolinha com TataOgan recebe Ananda & Valesuchi @ Selina
Sexta, 18h
R$ 10
Algumas dicas podemos dar, mas pra saber mesmo do que se trata, só marcando presença de corpo e alma. Para o corpo balançar e a alma se entregar ao som. Para não dizer que trata-se apenas de um encontro boêmio, laico e pagão, nosso culto é mais do que isso: é a música que arrepia, que conecta, que transforma e que movimenta. Nessa edição Tata Ogan recebe Ānanda (KODE) & Valesuchi (coro-fundo).

Eclética convida Mc Tha @ HUB RJ
Sexta, 22h 
R$ 30
Inspirada na Lapa, a Eclética reúne as mais divertidas e variadas tribos, que fazem da festa um grande encontro de alegria, respeito e boa música, tocando de Cazuza a Pabllo Vittar. De Pitty a Beyoncé porque pra dançar não importa o ritmo. O baile volta ao HUB RJ com uma edição especial para receber MC Tha. Vai ser uma noite de pura energia pra você dançar, pra você pirar, pra você amar.

Baile da Pesada 4 Anos : Black Alien @ HUB RJ
Sábado, 22h
R$ 60 pista; R$ 180 open bar
São 4 anos de história e um novo ciclo se inicia, vamos comemorar nosso aniversário cheio de novidades, com uma nova identidade, um novo formato onde você vai viver uma nova experiência de som, luz, decoração e lounge! E pra começar essa nova fase ninguém melhor do que um dos artistas mais conceituados do RAP nacional com seu disco de lançamento: Black Alien lançamento Abaixo de Zero: Hello Hell. Rolam ainda DJs e um belo open bar.

Minha Luz é de LED convida: Potygua @ Circo Voador
Sábado, 22h
R$ 40 (ingresso solidário válido com 1kg de alimento)
Uma noite iluminada pelas boas energias da alegria, da música e das lâmpadas de led vai rolar no Circo Voador no sábado, 14 de setembro, quando a lona recebe uma edição surpreendente da festa Minha Luz é de Led. Além dos DJs residentes, na programação tem também o impecável dj Léo Justi, do Heavy Baile, a revelação Potyguara e as incríveis musicistas do Samba que Elas Querem.

#multicultural

Festival Cervejeiro Carioca @ Cidade das Artes (Barra da Tijuca)
13, 14 e 15 de setembro
Grátis
O festival seleciona as melhores cervejas do Rio e traz o melhor da gastronomia de rua pra acompanhar, além da moda e arte com o Silo Criativo. No som, Afrojazz, Fred Chico Homem Banda, Jack ‘N’ Coke Rock Band, Pajezzz, Banda Grecco, Vitor Vieira Trio convida Luana Mallete, Baile Black Bom, DJ Saddam, Gui Lopes Trio e DJ Daniel Faria

#cinema

Mostra O Jazz Vai para Hollywood @ Cine MAM Fantástico
De 9 a 15 de setembro
Grátis
A mostra “O Jazz vai para Hollywood” viaja por seis décadas do gênero musical no cinema, retratando personagens do sonho americano, das revoluções musical e de comportamento, do racismo, da luta de classes, da depressão econômica entre guerras, além da antropofagia musical na França, que abriu os salões para degustar e absorver a música negra americana.

#arte

Exposição CAMPO @ Parque Lage
Até 20 de outubro, de quarta a segunda, das 10h às 17h
Grátis
Questionar o espaço de formação é compromisso contínuo de uma instituição dedicada ao ensino da arte. Por meio de estratégias singulares, na mostra Campo, a própria noção de espaço é interpelada pelos trabalhos de seis artistas — ex-alunos — que fizeram sua formação na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e que indagam o espaço de exposição e alteram a percepção do entorno, uma escola livre de artes em meio à floresta. Adriana Varejão, Beatriz Milhazes, Daniel Senise, Ernesto Neto, Laura Lima e Luiz Zerbini, nos projetos apresentados em Campo, fazem do termo espaço um índice complexo, que apresenta seus limites.

Museum of Me @ CCBB
5 a 29 Setembro | Quarta a segunda, das 9h às 21h
Grátis
Em um cubo imersivo, revestido com displays de LCD que materializam a própria existência digital, ocorre a instalação “Museum of Me”. A partir de dados compartilhados pelo usuário nas mídias sociais, a instalação cria e projeta o DNA digital em dezenas de telas de diversos tamanhos. As fotos são acompanhadas de sons, hashtags e leitura de legendas, geradas a partir de inteligência artificial. A cada indivíduo ou grupo de até quatro pessoas, uma nova experiência é construída. A apresentação tem duração de um minuto e pode ser compartilhada nas redes sociais dos visitantes. Ao fim da exibição, fica a sensação de que poderia ter sido um sonho.

Exposição: ArtSonica Residência Artística @ Oi Futuro
6 a 15 de setembro – terça a domingo, das 11h às 20h
Grátis
O Oi Futuro inaugura, na terça-feira 6 de agosto, a exposição ArtSonica Residência Artística, que levará aos visitantes o ineditismo de criações que ligam tecnologia e arte nas suas mais diversas formas, fruto de estudos, investigações de campo, observação do cotidiano e ideias inovadoras vindas de nove residentes do projeto.

#cênicas

Pouco amor não é amor @ Teatro Poeira
3 a 25 de setembro, terças e quartas, às 21h
R$ 60 (inteira), R$ 30 (meia)
Reunindo contos escritos em 1953 e 1954, o livro “Pouco amor não é amor” foi publicado em 2002 pela Companhia das Letras, na Coleção Baú de Nelson Rodrigues. Oscilando entre o trágico e o patético, os contos do livro desenham uma radiografia das relações amorosas cariocas dos anos 1950. Esta incursão pelas relações amorosas do Rio de meados do século XX forma um todo coerente, que retoma a experiência do repórter policial que Nelson havia sido. Os textos também aprofundam um traço de sua obra que já se transformara na marca do estilo e da visão de mundo do autor: a percepção ao mesmo tempo trágica e patética da alma humana.

Publicidade

Fotos de destaque: Lia de Itamaracá por Antonio Terra (interna) e Alfeu Tavares (externa)


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Lollapalooza’ libera line-up e vendas, mas público reclama dos preços