Tecnologia

Brasileira cria aplicativo para bloquear celular da filha

por: Redação Hypeness

Ei, você mesmo que está na casa do 30 anos, lembra quando ganhou o primeiro telefone celular? Certamente não foi aos 9 anos, caso de Bia, que tirou o sono da mãe ao entrar em contato com o universo dos smartphones. As informações são do Universa. 

Diante de um dilema entre liberdade, acessibilidade e mazelas como pedofilia, Luiza Mendonça descobriu uma nova habilidade. A mãe criou um aplicativo, o AppGuardian, para bloquear o celular. 

– Joaquina nos representa: Gata aprende a desligar despertador em celular de tutora

Disponível nas versões branda e extrema, o app auxilia mãe e pais que atravessam o mesmo dilema de Luiza. O usuário pode estabelecer o tempo de tela, localização, mensagens, além do bloqueio de aplicativos e relatório de uso.  

Mãe aposta em diálogo e app para controlar uso da filha de smartphone

A mãe pondera que o diálogo é sempre o melhor caminho e por isso desaconselha a opção drástica. 

“Aqui em casa temos uma reunião semanal com a família e a rotina de uso dos smartphones entrou na pauta, a pedido da Bia. Ficamos uma semana sem bloquear nada e ela percebeu que passou a dormir tarde e teve queda no rendimento escolar. Decidimos bloquear a Netflix no horário que ela tem que estudar, é uma forma de não cair em tentação mesmo”, pontuou ao Universa. 

E Bia? Hoje com 13 anos, a garota enfrentou desafios de adaptação, mas a insistência da mãe na conversa amenizou tudo. Hoje, ela concorda que o uso excessivo do smartphone faz mal. 

O AppGuardian está disponível na versão gratuita, que é limitada. Luiza Mendonça tem planos de expandir a ferramenta para outros idiomas até 2020. 

Questão de saúde 

A BBC deu detalhes de uma pesquisa publicada no periódico JAMA Pediatrics mostrando como o celular pode prejudicar o desenvolvimento de uma criança. Os especialistas listaram falhas no desenvolvimento de habilidades de linguagem e sociabilidade

O estudo canadense acompanhou cerca de 2,5 mil crianças de 2 anos. Falando nisso, pesquisadores do Canadá e Estados Unidos dizem que os pequenos devem permanecer longe das telas até os 18 meses. 

Publicidade

Foto: Reprodução/Site Oficial


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Para mapear diversidade em produções, Disney vai apostar em inteligência artificial