Debate

Caso de assédio em ‘A Fazenda’ acende debate sobre consentimento nas redes sociais

por: Redação Hypeness

O fim de semana foi longo para participantes e espectadores de ‘A Fazenda’, que pediram a expulsão de Phellipe Haagensen, que deu um beijo forçado em Hariany. 

– Memorial do feminicídio chama a atenção para a violência contra a mulher em Istambul

Phellipe Haagensen foi expulso depois de assediar Hariany

Depois de críticas pela demora, a confirmação da saída do peão aconteceu na noite de domingo (29). O anúncio partiu de Marcos Mion, que citou “crimes contra a dignidade sexual”. 

“Em razão da situação de inconformismo da Hariany, de se sentir invadida pelo beijo, que de fato aconteceu e foi assumido pelo Phellipe. Com isso, o departamento jurídico da Record TV decidiu que ele deve sair do programa. Diante destes fatos, o Phellipe está expulso e não continua na nossa competição”, informou Mion. 

O caso 

O assédio protagonizado por Phellipe aconteceu na noite de sábado (28), depois de uma festa. O ator e Diego Grossi se desentenderam quando Hariany entrou na conversa e foi surpreendida com o selinho dado sem autorização. 

“Se eu quiser te denunciar, eu denuncio, seu otário”, disse a ex-BBB. Phellipe até tentou argumentar, mas não colou. “Eu tenho namorado, tenho uma família, você tem que me respeitar”, concluiu Hariany.  

A situação virou briga generalizada no quarto e Phellipe quase se envolveu em outras confusões. No dia seguinte, a assessoria de Hariany exigiu providências da equipe do programa. 

“Nós, da família de Hariany Almeida, estamos totalmente consternados pelo atentado contra a dignidade sexual sofrido pela participante durante o reality A Fazenda. O beijo que o senhor Phellipe Haagensen deu em Hariany, sem consentimento, pode ser configurado como contravenção penal e a fere, não só em sua pessoalidade, mas como mulher. Não é aceitável em nenhuma hipótese que este ato fique impune. Por isso, pedimos providências imediatas dos órgãos competentes”, se expressaram em comunicado. 

A equipe de Phellipe Haagensen deu sua versão dos fatos no Instagram. 

“O jogo do Phellipe é desestabilizar as pessoas, e acreditamos que a intensidade da pressão pré e pós confinamento está mexendo com o emocional dele e de muitos ali. Roubar um selinho de alguém no calor de uma confusão poderia ocasionar uma reação da mesma em agredi-lo e causar uma expulsão dela”.

Pegou mal 

Todo mundo sabe que empresas de comunicação estão de busca de fórmulas para garantir a audiência. As pessoas, no entanto, ficaram indignadas com morosidade da Record e do próprio Marcos Mion, que só se manifestaram oficialmente mais de 24 horas depois do assédio. 

Além da cobrança do público, a Oi, patrocinadora do programa e de Marcos Mion, demonstrou incômodo com a situação. Em diálogo com um seguidor no Twitter, a empresa revelou ter pedido providências diante da atitude de Phellipe. 

Por falar em Marcos Mion, o apresentador elogiado pela desenvoltura à frente do reality show, foi acusado de certa neutralidade. Ele até tentou se justificar nas redes sociais dizendo que o veredito seria tomado pela direção e tal. 

“Não adianta me cobrar uma atitude ou decisão do que deveria ou vai acontecer no programa. Como falei no áudio que a direção me pediu para gravar: a decisão da emissora, dona do programa, será anunciada, por mim, no programa de amanhã. E eu ainda não sei qual é”, escreveu no Twitter. 

Os limites da polêmica

Polêmica é o combustível de um reality show, não só a ‘A Fazenda’, mas tantos outros, como o ‘Big Brother Brasil’. Porém, a seleção de perfis, digamos, controversos, pode se voltar contra o criador. Exemplos não faltam. 

Se lembra de Marcos Harter? O médico protagonizou cenas inacreditáveis no BBB. Ele foi expulso do programa depois de encurralar, apertar o braço, gritar e intimidar e então namorada, Emily Araújo. 

Expulso do BBB por agressão, Marcos Harter ganhou chance em ‘A Fazenda’

O cirurgião plástico não teve que responder pelos atos. Ao contrário, ganhou como ‘prêmio de consolação’ um convite para participar de ‘A Fazenda’. Aceitou e voltou a destilar o machismo em cenas suspeitas com Ana Paula Minerato.  

Além de Marcos Harter, esta edição do programa contava com Yuri Fernandes – que foi preso acusado de bater na bailarina Angela Sousa, sua namorada na época. A Record TV, mais um vez, foi acusada de naturalizar a violência contra a mulher

A temporada número 10 de ‘A Fazenda’ teve suas tretas e expulsões. Passou do ponto. Sobretudo o bate-boca entre Nadja Pessoa e Caíque Aguiar. A empresária foi eliminada depois de dar um chute em Aguiar. A opção dos diretores do reality não agradou todo mundo. As pessoas citaram Caíque, que segundo muita gente, provocou até o quanto pode. 

Há condescendência? O Blogueiras Feministas publicou um artigo em que analisa a permissividade da mídia com homens agressores

“A mensagem transmitida é que esses homens fizeram uma ‘besteira’, tiveram um ‘comportamento inadequado’. O histórico dos reality shows brasileiros nos mostra que agressores de mulheres tem grande apelo popular, são apresentados como ‘conquistadores’ ou ‘polêmicos’ pela mídia e, justamente por isso, tornam-se celebridades”

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Emílio Surita faz piada machista com Greenwald após briga com Nunes e é detonado nas redes