Debate

Este caso mostra quão pouco os meninos (e os homens) sabem sobre menstruação

por: Vitor Paiva

O coletor menstrual de silicone é uma das muitas alternativas desenvolvidas para a mulher lidar com o fluxo menstrual – no lugar, porém, de absorver o fluxo em tampões ou absorventes, como o nome sugere o “copinho” coleta a menstruação. Pois nem mesmo essas informações tão básicas não eram do conhecimento de um usuário do Reddit e de seu filho pequeno, que postaram uma história surreal a respeito do coletor menstrual da mãe do menino.

Desde que a mãe havia viajado que o pai do menino percebeu o filho brincando com um objeto que mais parecia, segundo ele, “uma tulipa”- e que ele não sabia o que era. No dia de levar um objeto para comentar na escola, o menino não teve dúvidas, e escolheu seu novo brinquedo. Ao fim da aula, a professora convocou o pai para uma constrangedora – e reveladora – conversa.

“Nosso diálogo”, conta o post. “Professora: A demonstração do Ben hoje foi… interessante. Eu: É legal, né? Estamos brincando com aquela coisa há dias”, diz o pai. “Professora: Sr. Scott, você sabe o que é aquilo? – eu comecei a entrar em pânico. Droga, não é um brinquedo”, relata. E a conversa segue por um diálogo espantoso e cheio de descobertas, até a professora enfim explicar do que se trata, e que “fica lá dentro, para coletar o sangue”. O post atraiu imensa atenção, com milhares e milhares de comentários – muitos revelando também total desconhecimento do tema e do objeto.

Depois da história viralizar, o usuário adicionou um comentário explicando que dedica-se a saber sobre ciclo menstrual, a ajudar e compreender o processo com sua mulher, mas que não sabia do coletor especificamente. O pai também explicou que obviamente o coletor não foi reutilizado – e segue sendo o brinquedo preferido de seu filho. “Minha mulher morreu de rir quando eu contei a história. Meu filho está mais sábio e está preparando um chá com seu copo nesse momento”, comentou.

Para ler a história na sua íntegra em inglês, acesse o post original aqui.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Humor de alguém tirando sarro do outro não faz muito sentido para mim’, diz Monica Iozzi