Debate

Exército dos EUA confirma veracidade de vídeo com OVNI do Pentágono

por: Redação Hypeness

O governo dos Estados Unidos confirmou a veracidade de três vídeos secretos com pilotos da Marinha perseguindo objetos voadores não identificados. O conteúdo foi divulgado pelo jornal The New York Times entre dezembro de 2017 e março de 2018. 

– EUA divulgam vídeo de avistamento de OVNI e admitem programa secreto de US$22 milhões

Marinha confirma autenticidade de vídeo com OVNIs

Nas imagens, os pilotos norte-americanos parecem surpresos com a velocidade hipersônica dos objetos, que voam sem asas ou motores. O porta-voz Joseph Gradisher ressalta, porém, que a Marinha não irá adotar a expressão OVNI para se referir aos objetos retratados em vídeo. 

“A Marinha designa os objetos contidos nesses vídeos como fenômenos aéreos não identificados”, disse o porta-voz do vice-chefe de operações navais para guerra de informação. 

E completa, “a terminologia ‘Fenômenos aéreos não identificados’ é usada porque fornece o descritor básico para avistamentos/observações de aeronaves/objetos não autorizados/não identificados que foram observados entrando/operando no espaço aéreo de várias faixas de treinamento controladas por militares”.

O NYT diz que o projeto consumiu mais de 22 milhões de dólares

O porta-voz da Marinha dos EUA não escondeu a insatisfação com o vazamento das imagens, que segundo ele não poderiam chegar ao conhecimento do público. 

Os treinamentos ocorreram entre 2004 e 2015 e fazem parte de um programa de 22 milhões de dólares para analisar o aparecimento de OVNIs no espaço aéreo do país. O ‘Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais’ teve início em 2007 no Departamento de Defesa e foi oficialmente encerrado em 2012. O NYT assegura que o projeto segue vivo e comandado por oficiais que acumulam outras funções. 

Além do The New York Times, as imagens foram divulgadas por uma organização criada pelo ex-vocalista da banda Blink-182, Tom DeLonge. 

ETs, finalmente uma realidade?

Apesar de atestar a veracidade das imagens, a Marinha dos Estados Unidos é cautelosa em admitir a existência de vida extraterrestre. Muitas teorias acusam governos, sobretudo os Estados Unidos, de esconder a verdade sobre os ETs. 

Talvez para diminuir a temperatura, a norte-americana CIA divulgou recentemente cerca de 800 mil arquivos secretos. São 13 milhões de páginas com relatos de pessoas que avistaram OVNIs e detalhes de experiências psíquicas realizadas pelo órgão. 

No Brasil, além de Varginha (MG), batizada em homenagem ao famoso ET de Varginha, a cidade de São Gabriel, no Rio Grande do Sul, é famosa pela ufologia. A localização abriga um centro de pesquisas e para completar, de acordo com moradores, foi habitada por dinossauros. Existem supostos registros de OVNIs no YouTube.

Esta cidade brasileira tem um aeroporto especial para naves espaciais

Falando em Brasil, Barra do Garças, no Mato Grosso, possui um discoporto. Isso mesmo que você está pensando, um aeroporto construído para pousos e decolagens de naves espaciais. 

O projeto é de Valdon Varjão, ex-vereador já falecido. Aprovada por unanimidade há mais de 20 anos, a proposta pretende facilitar o contato entre seres humanos e extraterrestres. Existe até um dia, segundo domingo de julho, dedicado aos ETs. 

Nenhuma aterrissagem aconteceu até o momento. 

Suposto OVNI em Melbourne, Austrália

Não é a primeira vez que o tão sonhado contato entre seres humanos e extraterrestres parece próximo. Talvez o caso mais investigado de todos os tempos, a história do fazendeiro William Mac Brazel dá medo. 

Em 1947, em uma cidade próxima de Roswell, ele teria descoberto pistas da presença de alienígenas, como destroços do que seria uma nave espacial. Até um jornal local publicou que a Força Aérea havia capturado umdisco voador. 

A água no chope veio quando o jornal disse se tratar de destroços de um balão meteorológico. Será? 

Outro caso famoso teria ocorrido em Melbourne, Austrália, em 1966. O OVNI teria descido em uma mata e depois sobrevoado dependências de uma escola. Relatos dizem que a nave com formato de pires era duas vezes maior que um carro e possuía tonalidade roxa.

E a NASA?

Um cientista da agência espacial norte-americana não só acredita, como quer provar que algum tipo de vida visitou o planeta Terra. Silvano P. Colombano, cientista de computadores, procura diminuir nossas expectativas sobre a forma destas vidas. Diferente do que Hollywood ensinou, os ETs seriam muito pequenos para serem vistos a olho nu, ele diz. 

Ainda de acordo com  Colombano, os extraterrestres teriam uma inteligência sem precedentes e por isso conseguem realizar viagens interestelares com facilidade. 

“Eu quero provar a vida inteligente que escolha nos encontrar (se é que já não o fez). Não é exclusividade de organismos dependentes de carbono como nós”, disse em relatório. 

Fato ou fake? Complicado dizer, mas que a confirmação da Marinha do vídeo perturbador de objetos estranhos voando a mais de 80 mil pés vai de encontro com o trabalho de muita gente, ah vai. E você, acredita em ETs?

Resultado de imagem para mars attacks gif

Publicidade

Fotos: fotos 1, 2 e 3: Reprodução/foto 4: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Novo tiroteio em escola no Brasil reforça urgência de debate sobre saúde mental