Arte

Filme live action de ‘A Dama e o Vagabundo’ tem elenco com cachorros resgatados

por: Vitor Paiva

Patrocinado por: Güd News

Em 1955 a Disney lançou uma das mais celebradas e assistidas histórias de amor e aventura do cinema – no lugar, porém, de seres humanos, os personagens principais eram cachorros, que ganharam as telas através de uma maravilhosa animação. Inspirado em um conto de Ward Greene publicado em uma revista, A Dama e o Vagabundo tornou-se um dos mais amados desenhos animados da história – e como refazer seus principais desenhos em novas versões live action tornou-se um simpático (e bem sucedido) filão, naturalmente que a história do cachorro de rua que se apaixona por uma cadela “rica” vai também ganhar sua nova versão.

Diferentemente de O Rei Leão, feito com animais criados totalmente em computador – filmar, afinal, leões, javalis e hienas de verdade não seria uma tarefa simples – o novo A Dama e o Vagabundo foi feito com cachorros de verdade. E melhor: as estrelas do novo longa da Disney vieram de abrigos.

A Dama e o Vagabundo, em suas versões animadas e em live action 

O elenco será completo e trará, além dos dois personagens principais, também Caco, Joca, Bull e Peg, assim como as músicas emblemáticas e as cenas mais icônicas do filme original.

Bull

Peg

Caco

Joca

A revista estadunidense People publicou as primeiras fotos dos cães, e um primeiro trailer foi lançado pela Disney. A Dama será vivida Cocker spaniel que na vida real se chama Rose, enquanto o cão que interpretará o Vagabundo se chama Monte. Curiosamente, a história de Monte é bastante semelhante a de seu personagem: se no filme de 1955 o Vagabundo escapa da carrocinha, Monte foi resgatado de um abrigo que sabidamente mata cães para evitar a superlotação. Hoje Monte foi adotado por um dos adestradores que participaram do filme.

O elenco de dubladores terá nomes como a cantora Janelle Monáe (Peg), Justin Theroux (Vagabundo), Tessa Thompson (Dama), Sam Elliott (Caco), Ashley Jensen (Joca) e Benedict Wong (Bull). Uma das música do filme original, A Canção dos Gatos Siameses, foi adaptada para a nova versão, já que no original a música foi vista como racista, na visão estereotipada da população asiática que oferecia – os gatos não serão mais siameses e a música deve ganhar novo título.

A Dama e o Vagabundo será lançado no próximo dia 12 de novembro diretamente no Disney+, a recém-lançada plataforma de streaming da empresa – e, pelo que sugere o trailer, a icônica cena do macarrão seguirá sendo o auge do filme. A plataforma está prevista para chegar ao Brasil somente em 2020.

Carinho, parceria, lambidas e muito, muito amor.

Nas horas boas ou nas horas ruins. Na caminhada em um dia de sol ou na cama curtindo o som da chuva do lado de fora. Uma coisa é certa: nossos dogs sempre estarão ao nosso lado.

Pensando sempre no melhor para você e seu dog, o Hypeness e a Güd querem entregar aquele tipo de conteúdo que enche o coração de fofura e paixão pelo seu melhor amigo.

Este conteúdo é um oferecimento da Güd, uma ração super premium, mais natural e deliciosa. Ou seja, tudo que seu pet merece… além daquele carinho na barriga que você está devendo. 

Publicidade

© fotos: divulgação/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Com maior exposição de LEGO do mundo em SP, relembramos lançamentos históricos da marca