Diversidade

Guaraná Antarctica anuncia que vai patrocinar time feminino do Atlético Mineiro

por: Redação Hypeness

A Copa do Mundo de futebol feminino, realizada há alguns meses na França, parece ter surtido efeito. Pelo menos para o Atlético-MG, que ganhou patrocínio do Guaraná Antártica. 

– #ElaSim: Marta é eleita melhor jogadora do mundo pela 6ª vez

A parceria foi viabilizada por meio do projeto Minas Esportivo, Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Marcelo Machado, superintendente de administração e controle do Galo exaltou o ganho de espaço da modalidade no país. 

Investimento no futebol feminino é demanda antiga das atletas

Já Daniel Silber, gerente de marketing da marca de refrigerantes, destacou os anos de colaboração com a seleção brasileira. 

“Somos parceiros da Seleção Brasileira, masculina e feminina de todas as categorias, há 18 anos, e queremos expandir nosso apoio, principalmente ao lado de iniciativas que incentivem ainda mais a modalidade. O projeto do Atlético, com seu viés social, reflete tudo aquilo que pensamos e procuramos”.

O próprio Guaraná Antártica convocou outras marcas para investirem no futebol feminino brasileiro. A empresa gravou um vídeo no YouTube protagonizado por estrelas da seleção como Cristiane, Andressinha e Fabi Simões. 

Uber fechou parceria para apoiar Campeonato Brasileiro

A Uber, que já patrocinava Grêmio e Internacional, anunciou que vai apoiar o Campeonato Brasileiro. A iniciativa da marca faz parte do movimento ‘Acredita Nelas’, que promove a igualdade de oportunidades no esporte por meio de investimentos em competições como a ‘Taça das Favelas’ e o futebol amador. 

Atualmente, você pode assistir o Campeonato Brasileiro na tela da Band, que firmou parceria com a CBF para a transmissão dos jogos. Movimentos importantes, já que o abismo que separa homens e mulheres ainda é enorme. 

O Hypeness mostrou que os salários do futebol feminino equivalem aos recebidos por atletas homens da Série C. Apenas para pagar os jogadores, o São Paulo tem orçamento na casa dos R$ 10 milhões. Diferença 100 vezes maior do que os ganhos de jogadoras que fizeram parte do grupo que jogou a ‘Copa do Mundo’ na França. 

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nova Zelândia: Jacinda Ardern faz história com 1ª ministra indígena e mulher