Debate

Homem é condenado nos EUA por fazer arma com as mãos para vizinhos

por: Vitor Paiva

Em um país com índices alarmantes de violência, especialmente através do uso de armas de fogo, uma supostamente simples ameaça pode provocar verdadeiro distúrbio, e ser vista como um crime – mesmo que ela seja feita sem arma alguma, somente com a mão. Apesar dos dados se encaixarem com a realidade brasileira, evidentemente que não estamos falando do Brasil, onde imitar uma arma com os dedos foi um ícone da campanha vencedora para presidência e atualmente é uma espécie de símbolo do governo federal. Nos EUA, porém, mais precisamente no estado da Pennsylvania, um homem foi condenado a pagar uma multa e teve sua ficha policial marcada por apontar os dedos na direção de seu vizinho feito fossem uma arma.

O incidente aconteceu em junho de 2018, quando Stephen Kirchner, de 64 anos, passeava com sua namorada pelas ruas da cidade de Manor. Quando passaram pela casa de vizinhos com os quais já haviam tido enfrentamentos e mesmo processos jurídicos, Kirchner apontou sua “arma de mão” e puxou o gatilho imaginário. Transeuntes e espectadores que testemunharam o gesto se viram especialmente perturbados e ameaçados pelo comportamento de Kirchner – e chamaram a polícia, que informou ao aposentado que o gesto era sim uma infração. A cena foi registrada por câmeras de seguranças da rua.

“Ele apontou seu dedo como se fosse atirar em alguém. Eu chamei a polícia pois não sabemos o que pode acontecer hoje em dia”, disse a testemunha. Depois de um ano de processo, o juiz considerou que o gesto não era inofensivo, e que de fato criou um clima tóxico e perigoso entre os vizinhos, e decidiu por condena-lo por desordem e ameaça. Kirchner recorreu a uma corte superior, que manteve a condenação – que o obrigou a pagar 100 dólares de multa e mais os custos do processo, e se manter distante dos vizinhos ameaçados.

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Soco nos terraplanistas’: Globo prova que Terra é redonda e internet celebra