Debate

Restaurante palestino é alvo de intolerância com bomba de gás lacrimogêneo

por: Redação Hypeness

Promotor de cultura e empregador de refugiados árabes, o restaurante Al Janiah, em São Paulo, foi alvo de intolerância. O ataque com bombas de gás lacrimogêneo, gás de pimenta e uma faca aconteceu na madrugada de domingo (1). 

– Xô racismo! 10 músicas para entender e sentir a grandeza dos orixás

Vídeos das câmeras de monitoramento mostram o momento em que um grupo de homens se aproxima da porta do estabelecimento na Bela Vista, região central da cidade. 

Um dos homens usava camiseta com bandeira do estado de São Paulo

Um dos agressores, de boné e camiseta com a bandeira do estado de São Paulo tira o que seria uma bomba de gás lacrimogêneo e atira para dentro do estabelecimento. Enquanto as pessoas correm, o comparsa ataca com spray de pimenta. Existem também uma marca de faca no portão. 

A administração do Al Janiah acusa cinco pessoas de participação no ataque. Fugiram todos. A polícia, de acordo com o restaurante, não atendeu aos chamados dos administradores e de clientes. A corporação afirma que não foi chamada.

– Tá todo mundo louco? Para Jout Jout, a vida millennial é ‘uma cambalhota infinita’

O restaurante árabe se pronunciou em nota sobre ocorrido e salientou o tom intolerante da ação como parte do “crescente discurso de intolerância e ódio que acomete o país”

“Por volta das 3h30 da manhã, um grupo de cinco pessoas se aproximou da porta principal do estabelecimento portando uma faca e spray de pimenta. As câmeras de segurança registraram o momento do covarde ataque que foi prontamente contido pela segurança da casa. Os membros do grupo fugiram na sequência”, diz o texto. 

O restaurante acusa a polícia de não atender aos chamados via 190

Palestino e de esquerda 

Referência na assistência de refugiados árabes, incluindo os vindos de campos de refugiados na Síria, o Al Janiah é administrado pelo palestino Hasan Zarif. 

Assim como acontece todos os dias, horas antes dos ataques, o estabelecimento promoveu o lançamento da edição em língua portuguesa do livro ‘Tornar-se Palestina’, da escritora chilena Lina Meruane.  

Al Janiah, que recebe refugiados árabes e promove cultura em SP

Espaço gastronômico e cultural, o local é famoso pelo trânsito de grupos à esquerda. No ano da inauguração, em 2016, o Al Janiah foi alvo de ataques com bombas de gás de lacrimogêneo, lançadas, de acordo com a direção, por policiais militares. 

Ninguém se feriu no ataque lamentado nas redes sociais. 

Confira a íntegra da nota: 

“Nota Oficial

Como tem sido noticiado em parte da imprensa, o Al Janiah – Bar, Restaurante e Centro Cultural sofreu um ataque na madrugada do domingo (01/09).

Por volta das 3h30 da manhã, um grupo de cinco pessoas se aproximou da porta principal do estabelecimento portando uma faca e spray de pimenta.

As câmeras de segurança registraram o momento do covarde ataque que foi prontamente contido pela segurança da casa. Os membros do grupo fugiram na sequência.

Acreditamos que a principal motivação deste ato tenha sido o crescente discurso de intolerância e ódio que acomete este país.

Desde o início, o Al Janiah sempre foi conhecido por ser um espaço democrático, de defesa das minorias políticas e acolhimento de refugiados. Sua história se liga a luta pela Libertação da Palestina.

Institucionalmente estamos tomando as devidas providências por meio de nossos advogados.

Não podemos nos calar diante da escalada do ódio e intolerância em nossa sociedade. Agradecemos o apoio que temos recebido de todos os cantos do Brasil. Não vai ser fácil destruir a solidariedade e os espaços democráticos que foram construídos.

Da resistência palestina, buscamos inspiração: 

“Vocês que passam com palavras efêmeras,

como a poeira amarga, passem onde quiserem, mas

não passem entre nós como insetos com asas

temos o que fazer na nossa terra

temos trigo a criar e regar com o orvalho do nosso corpo

temos o que a vocês aqui não agrada:

temos pedra… e perdiz!” (Mahmud Darwish)

É preciso estar atento e fortes. Seguimos!

Nos mantemos firmes na luta, tão necessária nesse contexto de ataque a democracia. Nossa resistência continua e nossa programação cultural segue normalmente, em defesa da Cultura e celebração da diversidade.

Direção do Al Janiah”.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Baby shark’? Suposto Filhote de tubarão assusta por expressões humanas