Debate

Campanha usa inteligência artificial para desfazer estereótipos ligados à fome

por: Mari Dutra

A ONG americana Feeding America usou inteligência artificial para quebrar estereótipos ligados à fome nos Estados Unidos. Usando mil fotografias de pessoas que recorrem aos bancos de alimentos no país, a organização sem fins lucrativos criou uma figura que representa a imagem de um problema tão vasto.

Quem esperava deparar-se com a face de uma criança desnutrida ou com rostos magros e com olheiras profundas, vai se surpreender. A fome chega à mesa de um em cada oito cidadãos estadunidenses, totalizando cerca de 40 milhões de pessoas.

Inteligência artificial dá cara à fome nos Estados Unidos

Inteligência artificial dá cara à fome nos Estados Unidos

Apesar disso, este ainda é um problema difícil de ser reconhecido, o que explica o rosto inesperado que a fome adquire na campanha.

Para mostrar que a fome não tem uma só aparência, foi criado o modelo que utiliza a inteligência artificial para dar um rosto a quem não tem condições de se alimentar.

A campanha direciona os usuários para o site da Feeding America. Na página, é possível encontrar mais informações sobre o perfil das pessoas que encaram a fome nos Estados Unidos, além de encontrar dicas para ajudar a diminuir o problema.

Outro vídeo mostra o processo de criação da personagem. Partindo de milhares de imagens de pessoas que dependem de bancos de alimentos, os criadores selecionaram 1.000 que representassem os dados demográficos sobre a fome no país.

Confere só (em inglês):

Além de chamar atenção para a dificuldade no acesso a alimentação, a campanha destaca a importância das doações na erradicação da fome.

Cada US$ 1 doado para o projeto é capaz de garantir 10 refeições para pessoas em situação de vulnerabilidade. Para doar, clique aqui.

Publicidade

Fotos: Reprodução Youtube


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Comentarista é demitido da Jovem Pan após dizer que ‘mulher deve tomar conta da casa’