Tecnologia

Cidade italiana bane uso de Google Maps por deixar muitos turistas em apuros

por: Vitor Paiva

Qualquer pessoa que utiliza o Google Maps para se localizar pelos caminhos das cidades – seja dirigindo, seja transportando-se em um Uber ou táxi – sabe que esse app ajuda muito mas não é infalível: volta e meia o Google Maps nos coloca em uma contramão, um caminho mais longo ou efetivamente em um lugar errado. É o caso da pequena cidade de Baunei, na ilha da Sardenha, na Itália, onde a imensa recorrência de turistas perdidos por indicações erradas do aplicativo fez com que o prefeito “proibisse” o uso do Google Maps para quem quer encontrar as praias paradisíacas da região.

A placa onde se lê “No Google Maps” – pedindo que não sigam as indicações do aplicativo

É claro que o uso do app de direções e mapas não está de fato proibido em Baunei, mas o prefeito Salvatore Corrias vem fazendo um apelo público – através inclusive de placas espalhadas em locais estratégicos – para que os turistas abandonem o Google Maps e recorram aos velhos mapas de papel ou aos especialistas locais. O motivo é claro: os direcionamentos do aplicativo têm levado os turistas que procuram por praias e locais especiais a se descobrirem perdidos em estradas por onde carros simplesmente não conseguem passar.

A cidade de Baunei

“Depois de um tempo eles descobrem que não estão em uma estrada de fato, então temos que resgatá-los. Tivemos tantas incidências, especialmente em anos recentes – infelizmente o Google Maps não leva as pessoas aos lugares que elas querem ir”, diz o prefeito.

Uma das estradas com a placa, e outro carro sendo rebocado na região

Segundo Corrias, foram mais de 144 pedidos de resgate aos bombeiros ou equipes nas montanhas para salvar turistas que se perderam ao recorrerem somente ao app para encontrarem essas praias “secretas”. “Isso se tornou um problema real. Não é possível proibir o uso do aplicativo, então trata-se de um aviso: não usem o Google Maps ou vocês acabarão em lugares obscuros. É preciso um pouco de bom senso”, avisou o prefeito. As placas espalhadas são claras: “Não sigam as direções do Google Maps. Essa estrada só pode ser percorrida com um 4×4”, informa.

A motivação dos turistas é compreensível: as praias da região são efetivamente espetaculares. O fato, porém, é que aparentemente o aplicativo que deveria os levar até onde se quer chegar estava em verdade deixando os turistas perdidos em enrascadas estradas impossíveis. Quando procurado, um representante do Google pouco respondeu: “Estamos cientes de um problema na Sardenha onde o Google Maps está direcionando motoristas por estradas difíceis de serem atravessadas por conta do terreno. Estamos investigando o que podemos fazer para melhor alertar aos motoristas sobre esse tipo de estrada”, disse o representante da empresa. Por enquanto, em Baunei, melhor então confiar no que está no papel – ou baixar o vidro do carro para lembrar que não há aplicativo que saiba mais do que os moradores locais.

Uma das paradisíacas praias da região

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Black Friday’ da Amazon tem produtos com até 80% de desconto