Ciência

Cientistas explicam como sangue artificial pode salvar vidas no futuro

por: Redação Hypeness

No futuro, talvez possamos usar sangue artificial em pacientes que necessitem de transfusões. A criação foi proposta por uma equipe de pesquisadores da Faculdade de Medicina da Defesa Nacional do Japão e deverá funcionar para todos os tipos sanguíneos.

Trata-se de um material que possui frações de proteínas e micro vesículas lipídicas. Isso faz com que suas funções sejam parecidas às das células humanas.

De acordo com o site The Asashi Shimbun, a novidade poderia aumentar consideravelmente as chances de sobrevivência de pessoas que passaram por ferimentos graves. A substância desenvolvida não requer compatibilidade de tipos sanguíneos e é mais fácil de armazenar do que o sangue convencional.

Mesmo em acidentes graves, é necessário confirmar o tipo sanguíneo de um paciente antes da transfusão, o que pode atrasar o procedimento. Se o sangue artificial vier a ser uma realidade no futuro, essa barreira deixará de existir, permitindo que mais pessoas sejam salvas.

Além disso, enquanto o sangue de doadores pode ser mantido por no máximo 20 dias, o líquido artificial teria validade de mais de um ano. Outro benefício é o fato de que, diferentemente das transfusões entre humanos, o material não ocasionaria riscos comuns ao receptor, como infecções por vírus ou reações alérgicas, por exemplo.

De acordo com os pesquisadores, testes realizados com coelhos mostraram uma eficácia similar à de transações realizadas com sangue “de verdade”, sem efeitos colaterais. Apesar disso, ainda há um longo caminho até que seja comprovada a segurança do material. Enquanto isso não acontece, não se esqueça de doar sangue.

Publicidade

Foto em destaque: Hush Naidoo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Acidentes com morcegos aumentam 101% em São Paulo; entenda