Cobertura Hypeness

Colamos no lançamento da assistente virtual em português da Amazon com show de Pablo Vittar

por: Rafael Oliver

Na noite da última terça-feira (15), a Amazon realizou o evento de lançamento da linha Echo no Brasil, com uma novidade que os fãs de tecnologia esperavam há muito tempo: a assistente virtual Alexa, agora na versão em português. A festa contou com apresentação de Luciana Gimenez, show surpresa de Pablo Vittar e presença de artistas e influencers como Letícia Birkheuer, Cleo, Elana, Fael, Rafaella Porto, entre outros.

Pablo Vittar trouxe uma música inédita feita com exclusividade para a Amazon. É, inclusive,  a primeira artista brasileira escolhida para lançar uma música com exclusividade para a plataforma musical de streaming da empresa. A Amazon Music chegou ao país no último mês e os assinantes do serviço podem escutar hoje o novo remix de Flash Pose, faixa originalmente lançada no álbum de Charli XCX em parceria com Vittar.

Sucesso nos EUA, onde quase metade das residências contam com assistentes virtuais por voz, o Echo + Alexa já foram adaptados para 15 países, chegando agora ao Brasil. Por aqui, grande parte dos usuários já fazem uso da assistes virtuais pelo smartphone. Agora, a tendência é que o dispositivo de mesa seja cada vez mais comum. Para Arthur Igreja, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Especialista em Tecnologia e Inovação, os brasileiros vão reagir bem, pois é um povo falante, comunicativo. “Deu muito certo com o Google Mas, Waze. É uma extensão disso. Acho que os assistentes vão funcionar muito bem por aqui.”. Sobre o futuro, é otimista: “As pessoas vão ter ferramentas para fazer coisas incríveis. Teremos algumas transições duras, desemprego em alguma medida, mas, por outro lado, florescimento de uma infinidade de possibilidades que a gente não consegue nem vislumbrar hoje.”

Realmente há uma  infinidade de funções que o aparelho é capaz de fazer. Testamos o produto e o negócio é muito “Black Mirror”! Alexa pode informar a previsão do tempo, dar resumo das notícias do dia, ligar e mandar mensagens, controlar dispositivos de casa como lâmpadas e aspirador de pó, criar alarme, lista de compras,  tocar a música que você pedir, contar histórias e, pasmem, até pedir um UBER.

A plataforma é aberta para que outros serviços criem “Skills”. No Brasil, a Alexa já vai desembarcar com algumas funções integradas por serviços nacionais. Por voz, será possível jogar o Show do Milhão, assistir vídeos do Porta dos Fundos e pegar dicas culinárias com Rita Lobo, consultar os bancos Bradesco e Itaú, pedir comida no iFood ou ouvir histórias da Turma da Mônica. O gadget já possui cerca de 300 aplicações brasileiras.

“Dezenas de milhões de clientes ao redor do mundo já estão usando Alexa e estamos empolgados em apresentá-la aos clientes no Brasil” — afirmou Toni Reid, vice-presidente da Amazon Alexa. “No Brasil, a Alexa é brasileira. Construímos uma experiência totalmente nova, que honra o idioma e a cultura únicos do Brasil, permitindo que os consumidores simplesmente peçam para tocar uma música, ouvir as notícias e ter informações sobre o clima, controlar sua casa inteligente e muito mais”.

Echo Dot

Echo

Echo Show

O Echo Dot é o menor produto da família, com preço sugerido de R$ 349. O Echo é uma caixa de som mais robusta, com woofer e tecnologia Dolby, a R$ 699. Já o Echo Show 5 tem tela de 5,5 polegadas e câmera integrada. O aparelho custa R$ 599.

Publicidade


Rafael Oliver
Publicitário de formação, com passagens por grandes agências, também atua por vocação na área da comédia. É redator, roteirista e humorista . Encontrou em San Diego, na Califórnia, seu segundo lar. Está sempre por lá. Vive uma busca incessante por novas experiências. E está longe de parar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Florianópolis é primeira cidade brasileira a banir agrotóxicos de suas lavouras por lei