Sustentabilidade

Essas fotos tem o mesmo número de pixels que sobreviventes destas espécies em extinção

por: Vitor Paiva

Se a sabedoria popular sugere que uma imagem vale mais do que mil palavras, o deboche popular oferece a possibilidade de um desenho para explicar algo evidente e óbvio. E foi isso que fez o artista JJSmoth44 diante do alarmante cenário atual de extinção para diversas espécies: transformou em imagem os terríveis números que ilustram a realidade desses animais. Para tal, o número de animais remanescentes de cada espécie foi transformado em um pixel em uma foto da espécie – a qualidade das imagens, portanto, é proporcional à quantidade de sobreviventes.

Os cerca de 50 mil elefantes que ainda vivem representam, portanto, uma imagem em melhor qualidade – com cerca de 50 mil pixels. Já a foto do tigre-siberiano, com somente 450 exemplares sobreviventes, é praticamente um borrão com imensos quadrados. O trabalho de JJSmoth44 espanta pelo fato de que, entre variações, nenhuma foto é realmente em alta qualidade.

O trabalho atual foi inspirado em uma campanha realizada em 2008 pela World Wildlife Fund (WWF), que viralizou recentemente. Intitulada WWF Japan – Population by pixel, a campanha original foi criada pelos diretores de criação Nami Hoshino, Yoshiyuki Mikami, e pelo designer Kazuhiro Mochizuki – e agora atualizada, com novos animais e novos – e ainda mais trágicos – números por JJSmoth44. “Eu fiz como um desafio de programação”, escreveu o artista, apresentando um novo desafio para o futuro do planeta como resultado de seu trabalho: a proteção aos animais ameaçados de desaparecerem.

Cão-selvagem africano: entre 3000 e 5500 remanescentes

Leopardo siberiano: cerca de 60 remanescentes

Tigre Siberiano: cerca de 450 remanescentes

Elefante asiático: entre 40000 e 50000 remanescentes

Tigre-de-bengala: cerca de 2500 remanescentes

Furão-do-pé-preto: cerca de 300 remanescentes

Rinoceronte negro: cerca de 5000 remanescentes

Baleia azul: entre 10000 e 25000 remanescentes

Chimpanzé Bonobo: entre 10000 e 50000 remanescentes

Orangotango de Bornéu: entre 45000 e 69000 remanescentes

Chimpanzé: entre 172700 e 299700 remanescentes

Pinguim de Galápagos; cerca de 2000 remanescentes

Panda Gigante: cerca de 1864 remanescentes

Tartaruga-verde: entre 3000 e 5500 remanescentes

Rinoceronte-de-Java: cerca de 60 remanescentes

Publicidade

© fotos: JJSmoth44


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ação contra desperdício quer que você repense seu Prato Feito