Sessão Hype

Estas 7 comédias vão te fazer refletir entre uma risada e outra

por: Redação Hypeness

Se você faz o tipo que sempre associou comédias com narrativas leves, que não merecem ser levadas a sério, então a gente precisa conversar. Porque olha… talvez você não tenha reparado ainda que o humor é uma ferramenta fortíssima para contestar alguns padrões. 

É, dá sim para fazer aquela pipoca gostosa, sentar na frente da telinha despretensiosamente e acabar o filme com um nó na garganta que se perdeu no meio das risadas. 

Segue essas dicas e vem descobrir que pode haver muita reflexão – e contestação – por trás do humor.

1) “Adivinhe quem vem para jantar”

Sambando na cara da sociedade americana racista em plenos anos 60, “Adivinhe quem vem para jantar” mostra a reação da família de Joanna Drayton, uma jovem branca, quando ela apresenta seu noivo, Dr. Prentice, um médico negro. 

É o retrato de uma família liberal de São Francisco da época, que, embora tenha tentado criar seus filhos com uma cabeça aberta, ainda guarda consigo um forte preconceito racial. Já falamos antes sobre esse e outros filmes que nos fazem pensar sobre a sociedade em que vivemos

“Ela acredita que cada um de nossos filhos será Presidente dos Estados Unidos e que eles terão equipes administrativas coloridas.”

2) “Tempos Modernos”

Ok, vale qualquer filme do Chaplin. Mas, para ele não dominar essa listinha, vamos ficar com “Tempos Modernos”, um filmaço que questionava o sistema fordista e a precarização do trabalho arrancando risos da plateia. 

via GIPHY

3) “Noivo neurótico, noiva nervosa”

Será que algum filme conseguiu definir melhor as crises conjugais do que esta obra prima de Woody Allen? Eu aposto que não! 

É quase impossível não refletir sobre nossos relacionamentos passados ou atuais durante a clássica cena em que o casal divide a tela em desabafos com seus psicólogos.

via GIPHY

4) “De repente uma família”

“De repente uma família” é aquele tipo de filme que você não sabe se ri ou se chora. Isso porque, apesar de ser comédia, ele fala de um assunto sério: adoção. 

A história conta as dores e delícias da vida de um casal que decide adotar uma criança, mas acaba adotando três ao mesmo tempo.

5) “Grande menina, pequena mulher”

Molly é uma herdeira ricaça que foi roubada pelo seu contador. Para pagar os boletos, ela arruma um trabalho como babá de uma garota. As duas trocam experiências e lições de vida. No final do filme, bate aquela reflexão sobre o quanto a sabedoria e a idade nem sempre andam juntas.

“As outras pessoas sempre te decepcionam. Porque você não esquece elas e faz algo por si mesma?”

6) “O Ditador”

Essa comédia pastelão com o polêmico Sacha Baron Cohen debate temas atuais, como autoritarismo, democracia e direitos humanos. Tem espaço até para um romance clichê entre o ditador sanguinário e uma jovem feminista. 

via GIPHY

7) “Como se fosse a primeira vez”

Será que um filme com o Adam Sandler pode mesmo nos levar a refletir? Pode, meu bem. Entre as piadas escancaradas de “Como se Fosse a Primeira Vez”, nos deparamos também com a dificuldade que uma pessoa portadora de doenças raras enfrenta para se relacionar. 

A propósito, a síndrome de Susac, que acomete a personagem vivida pela atriz Drew Barrymore, realmente existe, sabia? 

“Você me ama?”

Quer refletir enquanto dá umas boas risadas? No serviço de streaming do Telecine, você encontra alguns dos filmes que estão nesta lista e muitas outras produções.

Publicidade

Foto em destaque: Reprodução/"Como se fosse a primeira vez"


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Inspirada em rainha negra brasileira, marca é 1ª a oferecer texturas de alongamento para cabelos crespos