Tecnologia

Nasa desenvolve primeiro avião elétrico da história

por: Gabriela Glette

Decidida a expandir seus negócios, o próximo grande projeto da NASA – a agência espacial norte americana, é um avião elétrico. Ainda em fase experimental, o modelo X-57 Maxwell será o primeiro avião elétrico da história.

avião elétrico nasa 1

No entanto, ao contrário de fabricantes comerciais, a agência não espera colocar o modelo no mercado. Os testes têm o objetivo de avaliar novas tecnologias de propulsão, abafamento de ruído e modelos de design que poderão ser utilizados em futuras aeronaves. Atualmente o modelo está no Armstrong Flight Research Center – centro de pesquisas da NASA, na Califórnia.

avião elétrico nasa 2

O modelo é uma versão modificada do bimotor italiano Tecnam P2006T, e ele faz parte do programa ‘X’ da NASA, que visa testar a viabilidade de novas tecnologias de vôo. A ideia é que, a partir destes testes, a companhia possa definir padrões, boas práticas de design e planos de certificação em conjunto com a indústria aeronática. A expectativa dos projetistas é de reduzir em até 5 vezes a energia necessária para um vôo de cerca de 282 Km/h, velocidade de cruzeiro da aeronave.

avião elétrico nasa 3

Além disso, ela teria um custo operacional 30% menor do que um modelo tradicional, e produziria menos ruído. Se hoje o modelo é apenas um protótipo, a tecnologia pretende que, em um futuro próximo, todos os aviões possam ser elétricos.

avião elétrico nasa 4

Emissões do transporte aéreo

Muito se fala sobre veículos elétricos e a necessidade de diminuir ao máximo o uso de transportes individuais. No entanto, esquecemos que a indústria de transportes aéreos é responsável por grande parte das emissões de poluentes do mundo. Se, hoje com a concorrência e com as diversas companhias low-cost, viajar de avião tornou-se quase tão comum quanto viajar de automóvel, não devemos esquecer do impacto ambiental causado pelos aviões.

O querosene é o principal combustível utilizado nas viagens de avião. Sua queima dá origem a diversos poluentes perigosos que contribuem com o aquecimento global, como o monóxido e o dióxido de carbono, os hidrocarburetos gasosos e os óxidos de nitrogênio. Aviões elétricos precisam fazer parte do futuro próximo!

Publicidade

Fotos: divulgação


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!


X
Próxima notícia Hypeness:
Mãe solo cria aplicativo para tecer redes de apoio e colaboração entre as pessoas