Debate

Zebras fogem de circo e uma delas é abatida com tiro; de quem é a culpa?

por: Redação Hypeness

A Alemanha ainda está digerindo a morte de uma zebra, atingida com um tiro na cidade Tessin. O ato aconteceu depois da fuga de duas zebras de um circo na cidade de Tessin, pouco mais de 200 quilômetros da capital Berlim. 

– Morre Rowena, a ursa que inspirou o livro de Rita Lee

Segundo informações da DW, um dos animais chegou a ser capturado, mas o outro foi assassinado com um tiro pelos policiais. Os oficiais dizem que o domador do circo tentou acalmar o animal, mas não conseguiu. 

A zebra, criada em um circo, merceu ser morta?

“Após um acidente de trânsito, vários danos materiais e várias tentativas malsucedidas de captura, o animal foi atingido por um tiro”, declarou a polícia. 

A zebra invadiu uma rodovia, que precisou ser fechada para evitar acidentes, sobretudo depois da batida, sem gravidade, de um carro que desviou do animal. 

O caso está em investigação pela polícia. 

A culpa é da vítima?

Az zebras, uma abatida e a outra capturada pelo domadores, foram tiradas da vida selvagem para se tornarem atrações de um circo. O episódio acende debate sobre a relação entre circos, zoológicos e direitos dos animais. 

Por mais que os bichos sejam bem tratados em alguns destes espaços, é problemático pensar nos efeitos psicológicos causados em um animal que vive em cativeiro. Isso, aliás, pode explicar a reação confusa e desesperada da zebra na Alemanha.

É preciso também jogar luz sobre os maus-tratos que acontecem em circos. No Piauí, uma ursa foi resgatada depois de trabalhar por 25 anos em um circo. Rebatizada de Rowena, passou os últimos dias de vida em um santuário para animais no interior de São Paulo. 

Uma das zebras foi capturada

Ela vivia em temperaturas superiores aos 40ºC e por mais de duas décadas se alimentou à base de ração de cachorro. Pela situação calamitosa, ganhou o apelido de ‘ursa mais triste do Brasil’. 

A própria presença de zoológicos é questionada por muita gente. Ativistas da Humane Society filmaram filhotes de elefantes mantidos em cativeiro para serem vendidos. 

O destino, segundo o Daily Mail, zoológico da China. Cerca de 35 elefantes foram separados da manada e presos em pequenos espaços. A situação ocorreu no Zimbábue. 

Desde 2009, tramita em Brasília o projeto de lei 7.291, que pretende proibir a presença de animais em circos. À revista Galileu, Roberto Cabral, coordenador de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), declarou que o bem-estar dos animais não é garantido debaixo das lonas de circos. 

“No zoológico, por exemplo, enquanto os bichos são contidos por fossos ou por muros resistentes e outras estruturas, não há condições de se fazer o mesmo em um circo, que é uma atividade itinerante”.

Na Paraíba, o Código de Direito e Bem-estar animal vetou espetáculos de circo com animais. A legislação prevê sanções civis e penais para quem descumprir as novas regras. O Código estabelece que os animais têm o direito de ter a existência física e psíquica respeitadas. Além de receber tratamento digno e manter a qualidade de vida.

Publicidade

Fotos: Reprodução/DW


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O que é o marco temporal e como ele pode legitimar injustiças contra povos indígenas