Inovação

Adolescente cria solução genial para acabar com pontos cegos nos carros

por: Gabriela Glette

Apesar de toda tecnologia disponível hoje, os pontos cegos nos carros continuam sendo um grande problema, sendo responsáveis por uma parcela notável de acidentes no trânsito. Ao obstruir a visão do motorista, este acaba perdendo a visão, e consequentemente, o controle do carro. Com apenas 14 anos, a jovem Alaina Gassler parece ter resolvido a questão.

ponto cego nos carros 1

Foi durante uma feira de ciências na sua escola que a adolescente criou o projeto “Melhorando a segurança do automóvel removendo pontos cegos“. A solução engenhosa utiliza ferramentas relativamente baratas, que podem ser facilmente encontradas em lojas de equipamentos para automóveis. Trata-se basicamente de instalar uma webcam voltada para o exterior, conectada ao para-brisa do veículo.

Com peças criadas em uma impressora 3D, a engenhoca da garota produz um efeito que é uma mistura perfeita do que você vê nas janelas e do que sai da sua linha de visão. Seu trabalho também foi apresentado na competição Broadcom MASTERS, da Society for Science and Publi, organizada em Washington – Estados Unidos. Lá, ela recebeu o prêmio Samueli Foundation, no valor de U$ 25.000.

A presidente e CEO da Society for Science – Maya Ajmera, não esconde o entusiasmo: “Parabéns a Alaina, cujo projeto tem o potencial de diminuir o número de acidentes de automóvel, reduzindo os pontos cegos. Com tantos desafios em nosso mundo, Alaina e seus colegas finalistas do Broadcom MASTERS me deixam otimista. Tenho orgulho de liderar uma organização que está inspirando tantos jovens, especialmente meninas, a continuar inovando”.

ponto cego nos carros 2

A premiação

A Broadcom MASTERS é responsável pela organização e fomento do principal concurso de ciência e engenharia dos Estados Unidos para alunos do ensino médio – o Prêmio Samueli Foundation. Somente neste ano os 30 finalistas levaram para casa mais de U$ 100.000 em prêmios, o que demonstra o esforço da instituição em estimular os jovens a repensar o futuro.

Em 2019, os 5 jovens vencedores foram garotas, todas com 14 anos de idade. Uma iniciativa como esta é essencial para encorajar as meninas a correr atrás de seus sonhos, que jamais podem ser apagados por uma questão de gênero ou sexo.

Publicidade

Fotos: divulgação


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista reimagina princesas da Disney de maneira mais realistas e menos ‘princesas’