Agenda Hypeness

Agenda Hype: 28 bons shows, festivais e mostras para um fim de semana arrasante

por: Gabriela Rassy

Neste mês vamos voar por aí. A agenda da semana pinga em São Paulo e no Rio de Janeiro, depois embarca para um giro em Salvador e Paraty. Festivais, shows, festas, exposições e um tanto de roles lindos para aproveitar os próximos dias.

Destaque da semana vai para o Festival Radioca, em Salvador, que completa cinco anos com cinco dias de programação. Esta edição acontece de 6 a 10 de novembro, ocupando três diferentes espaços da cidade com 16 shows e ainda um papo musicado com três artistas importantes na história do projeto.

Nos shows, Céu e Tiganá Santana lançam novos trabalhos enquanto João Donato e Tulipa Ruiz apresentam seu projeto em conjunto. O mais recente espetáculo de Luiza Lian e as primeiras aparições na capital baiana de Tim Bernardes em carreira solo, Amaro Freitas Trio, Mestre Anderson Miguel, Dônica e Jessica Caitano também estão confirmados. Do efervescente cenário local estão Afrocidade, Lazzo Matumbi, Illy, Livia Nery, Tangolo Mangos e Josyara.

Já a cidade de Paraty recebe o lançamento da 3ª Mostra Sesc de Cinema, de 2 a 9 de novembro. Este ano o evento homenageia Adélia Sampaio, a primeira mulher negra a dirigir um longa-metragem no Brasil, “Amor Maldito”, de 1984. Durante uma semana serão exibidos na Unidade Sesc Santa Rita e no Cinema da Praça, os 42 filmes selecionados, sendo 32 do Panorama Brasil e 10 do Panorama infanto-juvenil.

Em São Paulo, vale chegar junto na exposição Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio e no Pará-Hyba Amatrônica na Casa do Mancha. No Rio, programe-se para os shows de Ana Cañas e Rael, além da mostra O Dia Seguinte.

Vem na minha:

São Paulo

#show

Goma-Laca: Cantos Populares Do Brasil De Elsie Houston @ Casa de Francisca
Quinta, 7, 21h30
R$ 42
Modernista, surrealista, antropofágica. Em 1930, a cantora brasileira Elsie Houston (1902-1943) publicou na França o livro Chants Populaires du Brésil, uma compilação com 42 melodias do cancioneiro popular de diferentes regiões do país escutados por ela nos anos 20. Cantigas indígenas, temas do candomblé, da congada, emboladas, modinhas e lundus anotados por Elsie agora são reinterpretados no segundo disco do Goma-Laca.

Chico César @ Mundo Pensante
Sexta, 8 de novembro, 23h – show 1h
R$ 50
Em uma noite única, Chico César mostra seu novo trabalho “O Amor É Um Ato Revolucionário’, no palco mais gostoso do Bixiga. A última vez que Chico tocou por lá, o público ficou feliz de orelha a orelha com o showzaço de “Estado de Poesia”. Inspirado (como sempre) e oscilando entre o amor e a indignação, o artista entrega 13 pérolas inéditas que, se já emocionam no disco, imagina ao vivo.

Funk Como Le Gusta 20 anos @ Blue Note
Sábado, 22h30
R$ 60 (inteira)
Cuba, 1998. No centro do bar, a bela garota com um enorme charuto na mão se diverte, transborda beleza e palavras no ar. Na mesa ao Iado, o baterista Xuki e os amigos locais se admiram com a cena e repetidamente dizem: — ¡Mira, mira!… ¡Mira la chiquitita, como le gusta! Em poucas semanas, nascia o desenho da Menininha Funk e também o nome oficial: Funk Como Le Gusta.

Mahmundi @ Sesc Itaquera
Domingo, 15h30
Grátis
Mahmundi apresenta “Para dias Ruins”, show homônimo ao álbum lançado em 2018 e que apresenta uma sonoridade pop que evoca axé, reggae e, por vezes, uma bossa nova que nos leva em canções como Alegria, Imagem (que possui uma batida mais charm) e Vibra aos timbres e efeitos da música feita na década de 80.

#festa

francisco, el hombre na Festa Calor da Rua @ Mundo Pensante
Quarta, 6, 23h
R$ 10 a R$ 30
Após o sucesso do desfile de 2019 na Praça da República, o bloco Calor da Rua, liderado pela banda francisco, el hombre e com a participação da bateria Flor do Asfalto, espera agitar novamente o público em 2020. Em seu quarto ano no Carnaval paulistano, o Calor da Rua promete repetir a dose e trazer um repertório cheio de músicas autorais, brasilidades das mais diversas e latinidades com um toque de humor e irreverência para folião nenhum botar defeito.

Pará-Hyba Amatrônica @ Casa do Mancha
Sexta, 8, 21h
Entrada colaborativa
Uma noite para ficar na historia da casinha mais querida de São Paulo, se prepara pois a vaiber vai ser de outro planeta! Juca Culatra, o paraense mais extraterrestre da Amazônia promete botar todo mundo pra quebrar em um show exclusivo junto com o produtor musical e instrumentista paraibano Furmiga Dub e mais a força da mulher com Ella Nepomuceno mandando ver nas cantorias populares e tambores potentes ! A noite ainda conta com a seleção musical do DJ Astronauta Sertanejo e com energia linda do querido DJ Rodrigo Bento, da Pilantragi.

SEREIANOS – Abissal Era #3 @ ZIG
Sexta, 23h55
R$ 10 a R$ 20 – pessoas trans, travestis e drags são free
A zona abissal representa mais de 70% da biosfera do planeta. Os seres dessa zona vivem em completa escuridão. Sendo assim, esses seres apresentam a bioluminescência – sua própria luz -. É hora de mergulhar em nossas profundezas, reluzir na escuridão e re-descobrir o sereianos.

Java*Dubversão encontra Marina Peralta @ Rua Roberto Simonsen, 78
Sábado, 9, 23h
R$ 20
O baile de dub mais tradicional dessas bandas une Yellow-P nos controles do Dubversão Sistema de Som, Marina Peralta no mic e Jimmy The Dancer na pista. Para ir de capacete!

#cinema

Science Film Festival com Paulo Artaxo e Maria Cecília de Brito @ Goethe Institut
6 a 9 de novembro
Grátis
Nesta edição, o Science Film Festival tem como tema central as ideias do cientista e pensador alemão Alexander von Humboldt, em comemoração aos seus 250 anos. Pioneiro do ambientalismo, Humboldt estudou temas como a sustentabilidade e as mudanças climáticas provocadas pelo homem. Os filmes serão exibidos em 14 unidades dos CEUs integrantes do Circuito Spcine de cinema

Especial – Jurassic Park + O mundo perdido @ MIS
Domingo, 15h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Pela primeira vez, o Cinematographo do MIS traz ao público dois filmes exibidos (e sonorizados ao vivo) na sequência. No dia 10 de novembro, domingo, os fãs de Jurassic Park poderão assistir aos dois primeiros longas da franquia (lançados em 1993 e 1997, respectivamente), com trilha sonora exclusiva realizada pelos músicos Guilherme Chiappetta e Anselmo Mancini.

#arte

Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio @ MIS Experience
De terça-feira a domingo, das 10h às 20h
R$ 30 (de quarta-feira a sexta-feira) e R$ 40 (sábados, domingos e feriados)
Inventor, artista, cientista, engenheiro, arquiteto, músico… Leonardo da Vinci foi um gênio em todos os sentidos da palavra. Em comemoração aos 500 anos do legado de Da Vinci, a exposição é a mais abrangente já organizada sobre o artista. Criada em parceria com o Museo Leonardo da Vinci, de Roma, e com o apoio de diversos especialistas e historiadores da Itália e da França, a mostra é considerada a investigação mais completa e detalhada sobre o trabalho de Da Vinci e revela o alcance de toda a sua genialidade. São 18 áreas temáticas em que os visitantes terão uma experiência multissensorial com animações gráficas em alta definição, combinadas a conteúdo multimídia e narrativa em áudio.

Tempero da Carne @ Museu da Diversidade Sexual
25 de outubro a 11 de janeiro de 2020 | terça a domingo das 10h às 18h
Grátis
A Exposição faz parte da 3ª Mostra Diversa, que acontece a cada dois anos e tem como objetivo abrir espaço para novos artistas e experiências relacionadas à diversidade sexual, traçando um panorama atual da produção artística sobre a temática. Tempero da Carne convida o público para uma viagem multisensorial através da variedade de corpos artistas e corpos (ainda) com tabus, e suas histórias, que passaram por momentos de troca e sensações, junto ao artista visual Julio Leão. O baiano Spartakus Santiago, um dos mais influentes youtubers da atualidade, a cantora e compositora Ellen Oléria, e outras tantas personalidades, famosas e anônimas, fazem parte dos corpos temperados e retratados no projeto Tempero da Carne, que começou em 2017. Uma pequena mostra deste projeto é o que o público poderá conhecer na exposição.

Antrópicos @ Galeria Alma da Rua
7 de novembro a 6 de dezembro | de segunda a domingo, das 11h às 19h
Grátis
Sérgio Free ocupa Galeria Alma da Rua na exposição Antrópicos – palavra que nos remete às alterações feitas pelo homem no mundo. Reconhecido pelas ruas de São Paulo por seus graffitis, Sérgio traz nessa ocupação uma analogia ecológica entre a metrópole e o planeta Terra, onde a arte urbana é denominada crime ambiental e vandalismo. Com 10 obras, ele aponta e questiona as grandes empresas mundiais que jogam responsabilidades e consequências nas mãos dos consumidores.

#cênicas

ELO @ Sesc Santo Amaro
9 e 10 de novembro, sábado e domingo, às 17h
Grátis
Trabalho inédito do T.F.Style Cia de Dança apresenta um pensamento contemporâneo do hip hop. A peça foi criada coletivamente pelo elenco, uma proposta que dá continuidade aos processos de pesquisa das duas últimas obras do núcleo: Sob a Pele (2016) e Carne Urbana (2017). A concepção e direção são de Igor Gasparini, que também está em cena.

Ex-gordo @ Sesc Ipiranga
Até 17 de novembro | quintas e sextas, às 21h30, aos sábados, às 19h30, e aos domingos, às 18h30
R$ 30 (inteira)
Após fazer uma cirurgia bariátrica, um homem que vive isolado em seu microapartamento no 48º andar confronta figuras do passado, com o objetivo de descobrir sua verdadeira essência. Este é o ponto de partida de “Ex-gordo”, novo trabalho do Núcleo de Pesquisa Caxote, com texto e direção de Fernando Aveiro e codireção de Naiene Sanchez. No elenco, estão Bárbara Salomé, Camila Biondan, Humberto Caligari e Murilo Inforsato, além do próprio Fernando Aveiro, que interpreta o protagonista. Em meio a uma atmosfera onírica e surrealista, o público é convidado a passar 80 minutos na casa desse protagonista e a acompanhar uma espécie de sessão de psicodrama teatral.

#gastronomia

Festival Cinegastroarte – Encontre o Sabor @ Casa Bossa
9 e 10 de novembro
Grátis
Nesta terceira edição, o “Encontre o Sabor” traz uma programação extensa com experiências gratuitas para todas as idades. O público contará com harmonizações gastronômicas, experiências culinárias, oficinas, aulas show e muito mais, para recordar, viver e criar sabores presentes na memória sensorial. No Encontre o Sabor, os adultos poderão experienciar harmonização com bebidas, experiências de drinks, talks e aulas show. A programação se estende para toda a família, com atividades especialmente pensadas para as crianças, como as oficinas de realidade virtual, argila e reciclagem.

Leia também:

Mostra imersiva de Leonardo Da Vinci abre as portas do MIS Experience em SP

Rio de Janeiro

#show

Ana Cañas – Voz e violões @ Manouche
Sexta, 21h
R$ 80 | R$ 40 | R$ 62 com 1kg de alimento
A cantora e compositora paulistana Ana Cañas apresenta o show “Voz e Violões”, em formato intimista e emocionante, e traz um repertório que conta com canções gravadas no álbum “Todxs” (2018), o mais recente da artista, sucessos já consagrados em seus álbuns anteriores e também canções inéditas, nunca gravadas pela cantora.
https://www.youtube.com/watch?v=RtKD4SCPdys

Agatha e Gui Fleming @ Galpão Ladeira das Artes
8 de novembro, sexta, a partir das 20h
R$ 20 (antecipado); 2° lote: R$ 25; na hora: R$30
O casal de cantores e compositores, Agatha e Gui Fleming, lançaram ao mesmo tempo os discos “Do Lado de Lá” e “O Bom Maldito”, respectivos trabalhos de estreia, que já estão nas plataformas. Ela traz uma pegada blueseira e jazzística em músicas mais confessionais, e ele bebe na fonte dos grandes poetas malditos brasileiros, filosofando em letras inspiradas sob arranjos ousados.

Rael – Lançamento ‘Capim-Cidreira’ + Drik Barbosa @ Circo Voador
Sábado, 22h
R$ 50 (meia ou ingresso solidário válido com 1kg de alimento)
O Circo preparou uma noite com dois lançamentos cabulosos do rap nacional! Sábado, 09 de novembro, Rael bota pra jogo seu quarto disco solo de estúdio, ‘Capim-Cidreira’. Na abertura: Drik Barbosa lança seu aguardado primeiro álbum homônimo. Antes e depois dos shows, o som fica sob o comando do DJ Will Ow. A Lona vai ficar pequena!

#festa

Vitrolinha com TataOgan recebe Rafa Canholato & Eppinghaus @ Selina
Sexta, 18h
Grátis até 19h; R$ 10 depois
Algumas dicas podemos dar, mas pra saber mesmo do que se trata, só marcando presença de corpo e alma. Para o corpo balançar e a alma se entregar ao som. Para não dizer que trata-se apenas de um encontro boêmio, laico e pagão, nosso culto é mais do que isso: é a música que arrepia, que conecta, que transforma e que movimenta. Nessa edição Tata Ogan recebe a Dj Rafa Canholato (Freeda Baile/ Funk the Chic) & Bruno Eppinghaus (OCerco/ Bailique).

Xêpa – tá de parabéns! @ Cordão do Bola Preta
Sábado, 23h
R$ 20 até 1h; R$ 30 depois (grátis para xs 100 primeirxs que compartilharem o evento)
Festão de 3 anos de sarração na bagaceira da nossa xêpista feat DJ Marara Kelly de volta! Juntíssimas e shallow now o trio volta pra aquecer os corações e as rabas xepando até amanhecer – daquele jeitinho que a gente gosta e já conhece há três anos! Aquele velho e infalível esquema bebida bonita, gente barata! Quem abrilhanta a festa além de vocês, nossas xepeires do coração?

#cinema

Festival Ópera na Tela @ Parque Lage
31 de outubro a 12 de novembro
R$ 24 (inteira)
O Rio de Janeiro será palco de mais um Festival Ópera na Tela, com a exibição de doze óperas recentes e inéditas em um telão em uma tenda cristal ao ar livre montada especialmente para o evento, no Parque Lage. Entre 31 de outubro e 12 de novembro, o público poderá assistir montagens clássicas e célebres apresentadas em grandes palcos líricos.

#artes

O Dia Seguinte @ Cidade das Artes
Até 10 de novembro, 3ª a 6ª feira (14h às 20h) | sábados, domingos e feriados (10h às 20h)
Grátis
O Dia Seguinte é mais do que exposição. É uma experiência imersiva nos impactos das mudanças do clima nas cidades e na vida das pessoas, além de uma reflexão sobre as oportunidades para um futuro de baixo carbono e de uma vida mais justa e equilibrada, com cidades sustentáveis e inclusivas para todos seus habitantes.

Ai Weiwei Raiz @ CCBB Rio
Até 4 de novembro, de quarta a segunda, das 9h às 21h
Grátis
A maior exposição do artista plástico chinês Ai Weiwei já realizada, premiada pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) como a Melhor Exposição Internacional de 2018. Convidado pelo curador, o artista desvenda a cultura brasileira e cria obras que representam a biodiversidade, a paisagem humana e a criatividade local. Ai Weiwei Raiz apresenta também alguns dos trabalhos mais icônicos do artista, hoje considerado um dos principais nomes da cena contemporânea internacional.

#cênicas

Antígona com Andrea Beltrão @ Oi Casa Grande
Sexta e sábado, 20h, domingo 18h
Balcão 3: R$ 20 (inteira) | R$ 10 (meia)  Balcão 2: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia) Plateia Setor 1: R$ 60 (inteira) | R$ 30 (meia) Plateia VIP: R$ 70 (inteira) | R$ 35 (meia)
A peça Antígona traz Andrea Beltrão como a personagem-título da trama: uma jovem princesa que enfrenta a ordem do rei Creonte de deixar seu irmão, que lutou na guerra, sem sepultura. Ao desobedecer a determinação real, ela paga com a própria vida. É estabelecido, então, o confronto entre o Estado e o cidadão. A história se passa em Tebas e foi escrita há 2.500 anos por Sófocles. Fez tanto sucesso na época que o público ateniense ofereceu ao autor o governo de Samos, uma das ilhas gregas.

Quando as pessoas andam em círculos @ CCBB Rio
3 de outubro a 25 de novembro, de quinta a segunda, às 19h30
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
A Artesanal Cia. de Teatro , premiada e longeva companhia com 24 anos de estrada, traz uma importante história dos tempos atuais para o palco. A peça trata de como o jovem lida com as incertezas e inseguranças que a modernidade propõe. É primeiro trabalho da Artesanal em conjunto com Daniel Belmonte, um jovem prodígio que começou no teatro com 15 anos e que já tem em seu currículo inúmeras atuações. A trama acontece em uma “balada”, onde os envolvidos precisam enfrentar questões pessoais que geram tensões e ameaças constantes, ao mesmo tempo que a iminência de um atentado terrorista põe em risco a segurança de todos os jovens presentes na festa. Os personagens apresentados na peça refugiam-se na virtualização de suas próprias identidades, deixando de existir como seres reais, transformando-se em objetos que são percebidos pelos outros no seu aspecto mais simples e imaturo.

Publicidade


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista transforma grandes metrópoles em surreais cidades de ponta cabeça