Arte

Após bronca por rabiscar na escolar, garoto de 9 anos é convidado para decorar restaurante

por: Vitor Paiva

Muitas vezes a descoberta de um talento é uma questão de contexto – e aquilo que não deve ser feito em uma sala de aula, por exemplo, pode ser celebrado como uma obra de arte. Foi o que ocorreu com o pequeno Joe Whale, que aos 9 anos tornou-se um artista através do incentivo incansável de seus pais – mesmo o menino tendo sido repreendido na escola por não parar de desenhar durante as aulas. Quando enviado para uma aula especial de artes após seu horário de escola, Joe teve seu talento enfim reconhecido – e já realizou seu primeiro trabalho verdadeiramente profissional.

Os desenhos de Joe lembram o trabalho do grande artista estadunidense Keith Harring, em um estilo conhecido em inglês como “doodle” – que em princípio quer dizer aqueles desenhos que fazemos sem pensar, enquanto estamos realizando outras tarefas como pensar ou falar ao telefone. Tal qual imortalizado por Harring e celebrado pela crítica como um dos mais importantes artistas da street art e da década de 1980, os “doodles” normalmente são grandes emaranhados de pequenos desenhos e rabiscos, com apontamentos infantis no traço, mas sem por isso deixarem de ser impactantes, contundentes e encantadores.

Os cadernos de Joe

O reconhecimento do talento de Joe o levou a ser convidado para decorar o salão do restaurante “Number 4”, em Shrewsbury, na Inglaterra, região onde vive com a família. E foi assim que ele se tornou o “Doodle Boy”, e seu site e perfil no Instagram já contam com milhares de seguidores e visitantes. Joe Whale não será o primeiro artista a transformar um dilema comportamental escolar em arte – mas com certeza é um dos que mais cedo e rapidamente realizou essa feliz transformação, com muito estilo e diversão.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Agenda Hype: 31 eventos pretos, periféricos e diversos para trabalhar o respeito e o amor