Tecnologia

App usa contos para ensinar crianças a identificarem árvores

por: Mari Dutra

Criado em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, o aplicativo Natu Contos ensina crianças a identificar árvores nativas do bioma. Cada uma das cinco histórias disponíveis no app está relacionada a uma espécie brasileira.

Os contos são narrados por cantores conhecidos e trazem informações sobre a embaúba, o ipê-amarelo, o jequitibá, o pau-brasil e o pau-ferro. Mas, antes de ter acesso ao conteúdo, é preciso encontrar a árvore em questão, estimulando os pequenos ao contato com a natureza.

Foto: Divulgação Natu Contos

Assim, a primeira missão das crianças é identificar a árvore. Elas podem escolher o local em que pretendem realizar sua expedição e seguir um mapa indicado no aplicativo para achar estes verdadeiros tesouros que a Mata Atlântica nos oferece. Por enquanto, o Natu Contos já inclui áreas mapeadas no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Uberaba.

Desenho mostrando Pau-Ferro, Ipê-Amarelo, Jequitibá, Embaúba, Pau-Brasil

Foto: Divulgação Natu Contos

Uma vez que a árvore em questão for identificada, é desbloqueado um conto relacionado a ela. A história pode ser lida ou escutada na voz de cantores brasileiros. Fernanda Takai dá voz ao Pau-Brasil, Ney Matogrosso se transforma na Embaúba, Lenine é o Jequitibá, Tiê narra a história do Ipê-amarelo e Mart’nália vive o Pau-ferro.

Veja o Natu Contos em funcionamento

Natu Contos_ Descubra contos em árvores da Mata Atlântica! from Fernanda Sarkis Coelho on Vimeo.

O aplicativo já está disponível gratuitamente para iOS e agora busca financiamento coletivo através do Catarse para ser lançado também para usuários de Android. O objetivo é arrecadar R$ 16,522 e cerca de 60% deste valor já foi financiado.

Até o dia 28 de dezembro, qualquer pessoa pode contribuir com valores a partir de R$ 15. Clique aqui para ajudar.

Publicidade

Foto em destaque: Reprodução Vimeo


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fones inteligentes que alertam pedestres sobre perigos já estão sendo testados