Arte

Artista ilustra pessoas sendo sugadas para smartphones por monstros digitais

por: Vitor Paiva

Somos de tal forma raptados por nossos smartphones no mundo de hoje, que é como se os aparelhos fossem verdadeiros portais – da onde tentáculos monstruosos sequestram nossa atenção e nos prendem, pescoço dobrado, olhos vidrados na tela, capturados pelos monstros do smartphone. Essa metáfora delirante é o ponto de partida do trabalho do ilustrador estadunidense Andrew Rae, que desenha sobre fotos para trazer para a vida real os seus monstros.

Mas o trabalho de Rae busca mais o humor e a simpatia do que a militância – e seus monstros são, para ele, os “amigos do telefone”. “Eu tento caminhar toda manhã para conter meu estilo de vida sedentário, e é difícil não esbarrar em todas as pessoas imersas em seus telefones”, conta o artista. “Eu comecei a fotografar e imaginar os telefones como se fossem animais de estimação ou criaturas, com as pessoas fazem carinho em suas barrigas para que eles fiquem felizes”, contou Rae para o site Bored Panda.

O ilustrador Andrew Rae

Publicidade

© artes: Andrew Rae


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
5 pinturas alegóricas famosas e seus significados ocultos desvendados