Sustentabilidade

Catadores de material reciclável substituem animais por bicicletas de carga

por: Gabriela Glette

Já foi-se o tempo em que cavalos e outros animais de carga eram necessários para que os seres humanos pudessem transportar mercadorias. Com toda tecnologia disponível hoje, não podemos mais aceitar este tipo de crueldade animal. Porém, ao mesmo tempo, com mais de 12 milhões de desempregados, muitos brasileiros dependem destes animais para recolher o lixo reciclável da rua, e assim poder ao menos se alimentar. Então, o que fazer para resolver esta questão? O governo de Alagoas lançou uma iniciativa incrível e decidiu oferecer bicicletas para estas pessoas.

projeto relix 1

Ao todo foram distribuídas 30 Ciclolix, na cidade de Maceió. A partir de agora, são elas que irão ajudar a limpar as ruas da cidade, ao lado dos indispensáveis catadores de lixo. A ação faz parte do Projeto Relix, que incentiva a conscientização a respeito do lixo e da reciclagem.

projeto relix 2Patrocinado pelo Sesi Alagoas, com apoio institucional da Secretaria de Estado Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado de Alagoas, a iniciativa também oferece dignidade a estas pessoas, que de agora em diante poderão ter um trabalho mais ágil.

projeto relix 3

Além disto, diversas instituições se comprometeram com o projeto e firmaram um acordo de colaboração com a cooperativa de catadores mais próxima, para que o lixo tenha destinação adequada. Mais do que criar uma logística de descarte adequado do lixo, esta iniciativa promove uma nova consciência na população, para uma questão cada vez mais urgente de ser resolvida. Que mais iniciativas como esta espalhem-se pelo Brasil!

 

Os indispensáveis catadores de lixo

Não sei se você já parou para pensar nisso, mas as cidades certamente seriam um verdadeiro caos sem os catadores de lixo. Somente São Paulo – a cidade mais populosa do Brasil,  produz em média 20 mil toneladas de lixo todos os dias.

Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) apontam que os catadores são responsáveis por quase 90% do lixo reciclado no Brasil. De acordo com o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, há 800 mil profissionais do tipo em atividade no país e aproximadamente 85 mil associados ao Movimento Nacional.

Publicidade

Fotos: divulgação


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!


X
Próxima notícia Hypeness:
Carne de melancia parece ser última e controversa tendência em 2020