Debate

Chef processa Michelin por incluir restaurante sem permissão: ‘O Guia é um sistema cruel’

por: Gabriela Glette

O que poderia ser o sonho de muitos chefs de cozinha, é pesadelo para outros. O chef de Seul – Eo Yun-gwon, chocou o mundo dos restaurantes depois de anunciar que está processando o histórico Guia Michelin por incluir seu restaurante na edição de 2019, apesar de ele pedir que não o fizessem. Segundo ele: “O Guia é um sistema cruel”.

chef processa michelin 1

Lançado em 1900 – pelo francês André Michelin, o guia que classifica e premia os melhores restaurantes, é polêmico, mas representa o ponto mais alto na carreira de um cozinheiro. No entanto, seu sistema pode ser considerado cruel, e muitas vezes injusto. Para Eo Yun-gwon, ele perdeu muitos anos de vida e dinheiro em busca da tão sonhada estrela, que ele nunca conseguiu.

chef processa michelin 3

Desde que seu restaurante –Eo, foi incluído no guia, ele já havia pedido para ser retirado, mas sua solicitação não foi atendida. Foi então que o famoso chef sul-coreano iniciou uma jornada contra o Guia Michelin, abrindo um processo judicial contra a publicação.

chef processa michelin 2

“É humilhante ver o meu restaurante com uma classificação nesse livro prejudicial”, completa o chef que acusa o guia de corrupção e de criar um sistema de classificação desumano. O chef se incomoda principalmente com a forma como o Guia Michelin classifica os restaurantes, através de critérios obscuros. Ele afirma que pediu aos autores que revelassem como os avaliadores Michelin classificam os restaurantes que visitam, mas a publicação francesa é notoriamente secreta sobre o processo, e ele não obteve resposta. Então, ele pediu que seu restaurante fosse removido do guia, mas a Michelin decidiu incluí-lo de qualquer maneira.

chef processa michelin 4

A gastronomia mundial possui uma série de regras e técnicas, que servem como alicerce para o Guia Michelin. No entanto, a partir do momento que a publicação decide ocultar seus critérios, optando pela não transparência, eles estão assumindo que a escolha dos restaurantes se faz através de uma escolha subjetiva, pautada no gosto pessoal dos avaliadores. Afinal, será mesmo que ter seu restaurante no listado no guia, é assim tão imprescindível?

Publicidade

Fotos: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Maisa cita racismo sofrido com pai: ‘Eles vão pela cor de pele’