Debate

Em Quebec, Uber será forçado a compartilhar localização de usuário durante viagem

por: Vitor Paiva

Uma nova lei aprovou oficialmente o uso de aplicativos privados de transporte, como Uber, assim como renovou a legislação sobre táxis na cidade de Quebec, no Canadá. A aprovação da Lei 17 foi controversa, contrária à vontade dos motoristas de táxi mas, se o uso dos novos aplicativos parece inevitável em todo o mundo, a nova legislação traz para a cidade canadense uma polêmica: ela obriga os aplicativos a dividirem informações das viagens com as autoridades municipais e até mesmo com partes terceiras previamente aprovadas.

A lei entrou em vigor em outubro, e a exigência de compartilhamento de informações da viagem, que visa a segurança dos passageiros e o controle do serviço, pode se tornar um verdadeiro pesadelo no que diz respeito à privacidade dos envolvidos. Segundo os críticos, tais informações divididas podem expor profundamente os passageiros: onde vivem, onde trabalham, lugares que frequentam, e até mesmo dados mais pessoais, como a visita a médicos ou especialistas em doenças específicas.

Em resposta ao dilema, as autoridades envolvidas garantem que o anonimato dos passageiros deve ser preservado, e sugere que as informações sejam mais gerais do que específicas no que diz respeito ao endereço, por exemplo, dos locais de busca e entrega de passageiros.

Manifestação contra a aprovação da lei em Quebec

O governo de Quebec também garante que o acesso às informações será especialmente controlado. Polêmicas similares acontecem em outras cidades, como Nova York e Chicago, onde tal exigência também é imposta por lei.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Volkswagen pagará indenização para funcionários vítimas da ditadura no Brasil