Diversidade

Fiel esgota ingressos para final do paulista feminino entre Corinthians e São Paulo, em Itaquera

por: Yuri Ferreira

O time feminino do Corinthians já se consagrou campeão da ‘Libertadores Feminina’, no Equador, nesse ano. E agora vai em frente na final do ‘Campeonato Paulista de Futebol’ para enfrentar o rival São Paulo. O jogo, que será nesse sábado (16) às 10h da manhã, já esgotou seus ingressos.

A equipe do Corinthians bateu diversos recordes no futebol feminino brasileiro, sendo campeã da principal competição da Amércia Latina e vice do ‘Brasileiro’, perdendo para a Ferroviária na final com maior audiência da história da modalidade na televisão.

– Salários do futebol feminino são comparáveis aos da Série C masculina

Giovana Crivelari foi a autora do gol da vitória do Alvinegro no primeiro jogo da final

Os ingressos para a final do Paulistão foram distribuídos gratuitamente para os torcedores do timão. Infelizmente, o jogo é com torcida única e não terá portões abertos da Arena Itaquera para quem quiser acompanhar e torcer para o tricolor, que conta com a artilheira Cristiane como um dos destaques. A partida terá transmissão do Sportv.

– Brasil quer sediar a Copa do Mundo de Futebol Feminino em 2023

No primeiro jogo, o alvinegro bateu o SPFC por 1 a 0 com gol de Giovanna Crivelari. Com um simples empate, o time do Corinthians pode conquistar o seu primeiro título estadual feminino. Santos e Ferroviária são os maiores campeões do torneiro, com quatro títulos cada um. A artilharia da competição em 2019 está com a atacante Victoria Albuquerque, do Corinthians.

– Por que a estrutura do futebol feminino ainda é ocupada por homens no Brasil


A audiência para o futebol feminino tem aumentado continuamente. Recentemente, a Band comprou os direitos de transmissão do ‘Campeonato Brasileiro’ e também do ‘Paulistão’. Após a transmissão da ‘Copa do Mundo’ pela Globo, a tendência é que o número de espectadoras e espectadores do esporte aumente a longo prazo.

A decepção com o técnico Vadão e com a estrutura da CBF para o principal evento da modalidade causou revolta em muitos torcedores e, pela segunda vez em sua história, a seleção brasileira conta com uma treinadora para o time. A sueca Pia Sundhage tem utilizado algumas jogadoras do Corinthians e da Ferroviária para remodelar a Amarelinha e reerguer o futebol feminino no país a nível internacional.

Publicidade

Foto: Bruno Teixeira/Ag. Corinthians


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @yurifen.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Filho de Mauricio de Sousa faz aniversário com tema LGBT e chora com apoio do pai