Arte

Fotógrafo com vitiligo faz ensaio arrasador com modelos na mesma condição

por: Redação Hypeness

Depois de se formar em uma importante escola de arte em Amsterdam, a carreira da fotógrafa holandesa Elisabeth Van Aalderen seguia tão bem que ela havia desistido de seu trabalho como estilista e diretora de arte para seguir seu sonho de viver de suas fotografias. Oito anos atrás, porém, quando tinha 25 anos, sua vida mudou de direção, em uma curva inesperada que alterou não só seu corpo como seu olhar enquanto fotógrafa: o surgimento do vitiligo. O que começou como pequenas manchas em suas mãos hoje cobre 60% de seu corpo – e boa parte do foco de sua câmera.

A fotógrafa Elisabeth Van Aalderen

“Quando fui diagnosticada, comecei a cuidar da minha pele: cremes, terapias de luz, dieta sem glúten e vegetariana, evitar o sol, tomar muito sol, fazer yoga – tudo que se puder nomear, eu tentei”, diz Elisabeth. “Nada deu certo. Eventualmente eu parei com esses tratamentos pois não queria que minha vida fosse assim. Não era possível mudar o fato de que eu tinha vitiligo, então decidi aceitar isso”, disse. Para a fotógrafa, há hoje um propósito em sua vida: “É minha maior e mais difícil jornada de auto-aceitação”, diz.

A inspiração para o projeto Shades of Pale (Tonalidades de palidez, em tradução livre) veio de um comentário que um dia fizeram sobre sua própria pele, de que Elisabeth deveria ter orgulho, por se tratar de uma espécie de “tatuagem única”. Assim ela decidiu fotografar uma série de mulheres que, como ela, carregavam o vitiligo em seu corpo.

“Cerca de 60 milhões de pessoas pelo mundo possuem vitiligo, e ainda assim muita gente não sabe o que é”, explica. “Eu quero mostrar mulheres fortes que celebram sua beleza singular. Quero retratar mulheres que aceitam sua pele. Todos os tipos de beleza precisam ser inclusivas. Beleza pode ser o que quisermos”, comenta.

 

Publicidade

© fotos: Elisabeth Van Aalderen


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
George R.R. Martin produtivo na quarentena: penúltimo livro de ‘GOT’ sai ano que vem