Debate

Homem pode enfrentar 5 anos de prisão por usar gato como arma contra a polícia

por: Vitor Paiva

Se agressão a uma policial já é crime grave, utilizar uma “arma” para tal é ainda pior – mas o que dizer se a arma em questão não é um objeto inanimado, mas sim um animal? Mais precisamente: o que dizer do homem russo que utilizou um gato para atacar uma policial? Parece insólito, e é, mas de fato aconteceu em Moscou – e a consequência desse ato pode levar o agressor a passar cinco anos preso.

No último dia 04 de outubro de 2018, o russo Gennady Shcherbakov, de 59 anos, estava nitidamente embriagado na escadaria de seu prédio, causando confusão entre os vizinhos e passantes. Quando a policia chegou, chamada pelos moradores do edifício, Shcherbakov se recusou a ir para casa – e atirou um gato inocente que estava ao lado no rosto da policial.

Naturalmente o animal, que nada tinha a ver com o caso e que é efetivamente vitima do bêbado russo, acabou arranhando fortemente o rosto da policial a fim de se defender. Passado um ano do bizarro ocorrido, as autoridades locais decidiram processar criminalmente Shcherbakov por agressão contra a polícia. O suspeito nega ter utilizado o animal como arma, afirmando que o gato simplesmente pulou no rosto da policial – não se sabe se o felino se machucou durante o fato. Caso seja condenado, Shcherbakov pode passar até cinco anos atrás das grades.

 

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Homem percorre 16 mil km e descobre ser herdeiro de escravizados e senhores escravistas