Criatividade

Homem tricota incríveis suéteres de paisagens e visita estes lugares enquanto os veste

por: Gabriela Glette

Tirar fotos de viagem e publicá-las nas redes sociais é coisa do passado. Samuel Barsky encontrou uma maneira muito mais criativa e original de eternizar os lugares que conhece, porém de uma maneira inversa. Especialista em tricô, ele primeiro tricota paisagens conhecidas, para depois conhecer estes lugares pessoalmente – vestindo as blusas que ele mesmo tricotou.

suéteres tricotados por ele 1

O norte americano já faz isto há duas décadas, e nesta brincadeira, já viajou para inúmeros lugares, entre eles Stonehenge, a Tower Bridge de Londres e as Cataratas do Niágara, todos elegantemente tricotados em malhas que ele apresenta orgulhosamente em suas redes sociais. Isto porque, ele não esquece de tirar uma selfie de usando sua malha de tricô de frente para o monumento estampado nela, e compartilhar o momento inesquecível em seu Instagram.

suéteres tricotados por ele 2

Uma ótima desculpa para viajar, ele vem ficando famoso por causa disto e já soma mais de 100 mil seguidores, entre Facebook e Instagram. Apenas um armário é pouco para sua coleção, que já soma mais de 140 malhas. Em entrevista, ele conta como tudo começou: Percebi, depois de tricotar alguns suéteres genéricos de cenário e ver uma foto da Tower Bridge de Londres em uma revista, que se tornou inspiração, que qualquer coisa poderia ser um suéter”.

suéteres tricotados por ele 3

O sucesso é tanto, que hoje Samuel aproveita suas viagens para dar aulas de tricô e palestras motivacionais.Como muitas das blusas que tricotei são um ponto de referência em todo o mundo, viajar me dá a oportunidade de conhecer os lugares que descrevi no meu camisolas. Também tenho a chance de ensinar minhas habilidades de tricô a outras pessoas, fazer discursos e conhecer fãs onde quer que eu vá, completa.

suéteres tricotados por ele 4

É apaixonante pensar que cada blusa tricotada pelo artista possui uma incrível história por trás. Para os que gostariam de fazer o mesmo, ele ensina que as blusas mais difíceis de tricotar são as cenas e pontes urbanas: “Algumas das mais desafiadoras que fiz foram Times Square e Las Vegas”.

Eternizando viagens

Samuel Barsky não é a primeira pessoa a criar uma nova maneira de eternizar os lugares que conhece. O casal Charles Henry e Elin Petronella viaja pela Europa, criando incríveis bordados dos monumentos que conhece. Cada um exerce um papel fundamental na composição dos bordados: enquanto Elin concentra-se nos detalhes dos edifícios e nos elementos urbanos, seu marido escolhe as cores e texturas.

Em tempos de selfies, estas pessoas criaram uma maneira muito mais original de fabricar memórias de viagem. Uma verdadeira inspiração.

Publicidade

Fotos: Instagram


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pabllo Vittar invade festa de fim de ano e canta em karaokê