Inspiração

Ilha devolvida a indígenas na Califórnia é vitória sem precedentes na luta por direitos dos povos originários

por: Vitor Paiva

“Hoje é um bom dia para se estar vivo”. Foi assim que, Ted Hernandez, chefe da tribo Wiyot na Califórnia comentou a decisão do conselho da cidade de Eureka, no estado norte-americano, de devolver uma ilha na costa californiana ao povo originário da tribo. Trata-se de uma decisão sem precedentes para a população indígena do país, que efetivamente recebe de volta um pedaço de terra considerada por eles sagrada, após décadas de disputa judicial.

A ilha Duluwat é comumente conhecida como “Indian Island” (Ilha Indígena, em tradução livre), e serve como cenário para cerimoniais santos ligados à tribo Wiyot desde 1860 – ano em que a perseguição indígena no local provocou a morte de centenas de Wiyots. Após a tribo conseguir levantar fundos de 100 mil dólares para comprar um pedaço da terra em 2018, finalmente o restante da ilha foi devolvido ao povo Wiyot em votação unânime pelo conselho de Eureka no final do último mês de outubro.

E esse é o ponto sem precedentes: ainda que outras terras já tenham sido devolvidas aos povos nativos pelo governo federal, não há registros de uma decisão municipal que repatriasse grandes terrenos para uma tribo local sem acordos comerciais ou determinações judiciais. “É um fechamento”, disse Hernandez. “Nossos ancestrais poderão descansar em paz, e as cerimônias poderão continuar”.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Bebê surda reage com emoção ao ouvir pela primeira vez com aparelho