Futuro

Itália é 1º país a tornar ‘mudanças climáticas’ matéria obrigatória nas escolas

por: Vitor Paiva

Para salvar o planeta é preciso mudar a nossa maneira de viver como um todo, e para tal, é preciso assumir a vanguarda dessa mudança, e trabalhar diretamente com o futuro: as crianças. E foi a medida que a Itália tomou, ao tornar obrigatório o ensino sobre mudanças climáticas na educação pública em todo o país. As aulas terão um mínimo de uma hora por semana, e começarão já no próximo semestre escolar.

A Itália tornou-se o primeiro país e estabelecer tal medida, e não só: outras matérias, como geografia, matemática e física, também serão ensinadas considerando a perspectiva sustentável e ecológica. “O ministério inteiro está sendo transformado para tornar a questão climática e a sustentabilidade o centro do modelo de educação italiano”, diz Lorenzo Fioramonti, ministro da educação do país.

O ministro Lorenzo Fioramonti

“Eu quero fazer do sistema de educação italiano o primeiro a colocar o meio ambiente e a sociedade no centro de tudo que aprendemos na escola”, disse. A proposta não para por aí: a ideia é taxar companhias aéreas, companhias que desperdiçam plástico e outras empresas poluentes para levantar fundos para a educação. Apesar da resistência da direita italiana às medidas, a proposta do ministro foi aprovada pela maioria da população.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Londres e Sydney em 19 horas e sem escalas: conheça o voo mais longo do mundo