Ciência

Ob-la-di-ob-la-da, dos Beatles, beira a perfeição, afirma estudo

por: Gabriela Glette

Você gostar de uma música não significa que ela tem qualidade. Mas, como podemos classificar a qualidade técnica de uma música? Uma música tem qualidade quando a combinação entre melodia, técnica e estética beira a perfeição e isto, muito pouca gente soube fazer. Um estudo científico conduzido pela organização alemã Max Planck Institute, organizou um experimento científico para descobrir qual é a música pop mais perfeita já escrita e a grande campeã é o clássico ‘Ob-La-Di, Ob-La-Da’, dos Beatles.

música pop perfeita beatles 1

Lançada em 1968 e presente no White Album, a música concorreu com nada menos que 80 mil variações de acordes, tiradas de 700 faixas gravadas entre 1958 e 1991. Com o auxílio de computadores programados para dar nota à cada uma dessas variações, com base na imprevisibilidade da mudança de um acorde para o outro, a canção composta pelo ex-beatle Paul McCartney é a grande vitoriosa.

música pop perfeita beatles 2

O experimento

Depois de escolhidas as 30 sequências com avaliações mais altas, 39 voluntários foram chamados para escutá-las, sem letra e melodia. A partir daí, eles precisaram avaliar qual eles acharam a mais prazerosa. A pesquisa revelou que a imprevisilibidade de ser surpreendido quando achamos saber qual o próximo acorde foi o fator que decidiu as músicas com melhores avaliações.

música pop perfeita beatles 3

Além disso, não ter certeza de como a canção vai progredir gera atividade em uma área do cérebro diretamente ligada ao prazer musical.

música pop perfeita beatles 4

Assim, “Ob-La-Di, Ob-La-Da” foi a música mais próxima de atingir a “perfeição”, seguida por “Invisible Touch” do Genesis, “Hooked on a Feeling” do BJ Thomas, “I Want You Back” do Jackon 5 e “When It’s Love” do Van Halen. Voce concorda com este resultado?

A história por trás de “Ob-La-Di, Ob-La-Da”

Em uma entrevista, Paul McCartney revelou a história por trás da música, composta por ele. O ex-beatle contou que, o nome da faixa (e consequentemente a expressão que eles repetem diversas vezes ao longo de 3 minutos), surgiu com o amigo Jimmy Scott, um nigeriano também músico que conheceu em Londres. Aparentemente , a frase “Ob-La-Di, Ob-La-Da, life goes on” era uma frase que ele usava constantemente.

Porém, quanto ele estava no processo de compor a música, ao lado de George Harrison e Ringo Starr, os músicos simplesmente não conseguiam mais progredir, e chegaram até a pensar que não conseguiriam um bom resultado. Foi quando John Lennon chegou e criou a introdução com os acordes rápidos de piano, finalizando uma das músicas de mais sucesso de todos os tempos.

Publicidade

Fotos: reprodução


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Gatos amam caixas pois estar dentro delas deixa-os menos estressados, aponta estudo