Inspiração

Primeira professora com down faz sucesso com crianças da rede pública na Argentina

por: Vitor Paiva

Se o trabalho de todas as professoras e professores infantis merece os aplausos do mundo, a história da argentina Noelia Garella é capaz de levar o leitor às lágrimas com justiça: aos 33 anos, trabalhando na rede de educação pública da cidade de Córdoba, ela cuida de cerca de 150 crianças do jardim infantil. Seu sucesso como professora se dá pela dedicação irretocável com que vem realizando seu trabalho, mas há um dado que destaca a história de vida de Noelia: ela é a primeira professora do país com Síndrome de Down.

Ser professora infantil sempre foi o sonho de Noelia, desde quando ela mesma era uma aluna no jardim de infância. “Com crianças eu me sinto bem. Os pais delas me adoram e os outros professores e diretores que eu tenho são divinos”, diz.

O trabalho de Noelia na escola Capullitos, em Córdoba, na região central da Argentina, enfrenta não só as dificuldades naturais de cuidar de tantas crianças diariamente, mas também de derrubar estereótipos e preconceitos, em especial sobre as capacidades das pessoas que vivem com Down.

“Ela teve que superar preconceitos e discriminação para realizar seu sonho… é uma prova de que as pessoas com esse distúrbio podem aprender, estudar, ter um emprego e ser tão responsáveis quanto qualquer um”, afirmou a escola, em comunicado. Naturalmente a história de Noelia se tornou um símbolo de inclusão no país – e um emblema de como as pessoas com Down podem (e devem) fazer tudo que sempre sonharam.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Com 34 anos, finlandesa é a primeira-ministra mais jovem do mundo