Inovação

São Paulo anuncia integração entre Uber e transporte público

por: Yuri Ferreira

Uma boa notícia para os paulistanos e moradores da região metropolitana que costumam pegar Uber. O aplicativo se integrou a Secretaria de Transportes Metropolitanos do Governo do Estado e irá calcular preços, trajetos e melhores opções para quem deseja dividir as viagens na cidade entre o transporte público e os carros particulares da empresa.

Assim como você já faz geralmente no seu Google Maps, ao colocar o endereço do destino, a empresa disponibilizará a opção ‘Transporte Público‘, que demonstrará a rota, os melhores meios de chegar de Metrô e CPTM até o destino e o preço total da viagem.

– Em SP, a bicicleta como meio de transporte pode render economia de R$ 870 milhões, diz estudo

O anúncio foi feito pela Uber em conjunto com o Governo do Estado

“A população deseja se deslocar de forma cada vez mais prática, e um serviço como esse permite às pessoas planejar melhor suas viagens de ponta a ponta, podendo escolher o transporte público sempre que for mais conveniente e também complementar com viagens de transporte privado no começo ou no final dos percursos, algo que já vemos acontecer hoje em dia”, afirmou durante o anúncio Alexandre Baldy, Secretário de Transportes Metropolitanos.

São Paulo se junta com Nova York e Washington, que também operam com essa função dentro do aplicativo.  Londres, Sydney, Paris e Denver também contam com essa integração, mas também permitem a compra de passagens de transporte público por dentro do próprio serviço da Uber.

“A verdade é que, em muitas situações, o transporte público é a opção mais rápida e mais barata, então queremos ajudar nossos usuários a tomar decisões informadas. A Uber é um complemento ao transporte público e acreditamos que, mostrando sempre aos nossos usuários a melhor opção, mesmo que não seja uma viagem de Uber, vamos construir sua confiança e ajudar a melhorar a vida nas cidades”, declarou Claudia Woods, diretora geral da Uber no Brasil.

Essa não é a primeira associação de um projeto em unir Uber e transporte público. O projeto ‘Molécoola’, de uma ONG Brasileira, troca materiais reciclados por créditos para viagens com bilhete único e também para corridas no aplicativo.

Recentemente, a Uber anunciou o U-Elas, em que a empresa permite que motoristas mulheres dirijam apenas para passageiras mulheres. A medida está implantada em cidades como Curitiba, Fortaleza e Campinas. 

“A Uber acredita que todo movimento é capaz de gerar oportunidades e que as oportunidades devem ser iguais. Por isso, estamos criando uma plataforma para contribuir com que mais mulheres assumam a direção das suas vidas e tenham novas alternativas de renda, conquistando seus objetivos, sua independência pessoal e financeira”, afirmou a empresa.

Publicidade

Foto: Divulgação/Uber


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @yurifen.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Hambúrguer vegetal vende 6 vezes mais que o esperado e Seara anuncia linha completa