Debate

Vídeo reúne 10 piadas de ‘Friends’ que seriam um fiasco na TV hoje em dia

por: Yuri Ferreira

Nossa sociedade tem continuamente quebrado padrões e colocado em pauta diversos assuntos como LGBTfobia, machismo e racismo graças ao avanço da internet e a luta de grupos por mais representatividade e respeito.

Porém, nem todos os produtos de entretenimento que consumimos são da nossa época e estavam atentos às implicações sociais que poderiam trazer.

Friends não envelheceu muito bem pra algumas pessoas

Um dos principais casos aparece na nossa querida e clássica série ‘Friends’, que foi televisionada entre 1995 e 2004. A sitcom de David Crane Marta Kaufman não estava muito preocupada com os temas de que falava e em muitos momentos fez piadas que hoje não cairiam bem: machismo, abuso sexual, homofobia, etc.

Um vídeo do site Ms. Mojo, versão feminina do famoso canal de conteúdo WatchMojo, listou 10 piadas que ‘Friends’ fazia naquela época que hoje não caem muito bem na nossa cabeça.

Desde os ciúmes de Ross até a a vez em que Phoebe foi assediada sexualmente, passando por debates sobre amamentação, gordofobia e responsabilidade parental, a série não teria, certamente, os mesmos temas humorísticos que se tem hoje em dia.

– Por que estão pensando em banir o personagem Apu de ‘Os Simpsons’

Um dos principais debates e uma das principais críticas é direcionada à uma piada específica. O pai de Chandler (Matthew Perry) é transgênero. A maneira como a ‘Friends’ trata isso é bastante pejorativa à comunidade trans e até hoje, muitas pessoas a criticam pela running gag (piada recorrente). Mas, para se ter uma ideia, o desconhecimento sobre o assunto era tão grande na época que a série em nenhum momento diz que ele seria uma mulher trans.

(Embora a gente tenha se referido ao personagem como ele era chamado no seriado, é importante dizer que se trata de uma mulher trans, que, sim, deve ser reconhecida como tal.)

A comunidade trans não foi bem representada na série Friends

O criador da série, David Crane, é gay e foi questionado pela BBC acerca da relação da série como homofobia. “Não quero que os espectadores se sintam confortáveis nem desconfortáveis. Os homossexuais têm vida, como qualquer um”. Sobre a suposta homofobia de Chander, Crane disse que “Chandler tem seus problemas e ansiedades próprias, mas eu não acredito que o personagem fosse homofóbico em algum aspecto”.

– ‘Sai De Baixo’ vai virar filme. Precisamos do Caco Antibes em 2019?

Entretanto, é muito complicado analisar uma série dos anos 90, especialmente quando tratamos de uma programa de humor, com olhos dos tempos em que vivemos. A exclusividade não é de ‘Friends’, ‘Seinfeld’, ‘The Office’, ‘Eu, a Patroa e as Crianças’, ‘Todo Mundo Odeia o Chris’ e muitas outras produções dos anos 90 e 2000 não eram politicamente corretas com os valores de hoje.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Netflix


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @yurifen.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Video game coloca jogadores no lugar de Jesus Cristo e gera controvérsia