Inspiração

Youtuber diz que nunca seria derrotado por uma mulher e…perde para lutadora de MMA

por: Yuri Ferreira

O youtuber Kristopher Zylinski disse que nenhuma mulher – nem mesmo uma profissional de artes marciais – conseguiria ganhar dele em uma luta… e aí resolveram tirar a prova. O norte americano, também conhecido como ‘Internet Troll’, foi desafiado a lutar com Tara LaRosa, lutadora de MMA aposentada há 4 anos. O resultado a gente já sabe: Tara ganhou e Kristopher ficou quietinho.

– Amanda Nunes nocauteia e leva 3 prêmios para o Brasil no ‘Oscar do MMA’, em Las Vegas

Imagens da luta antes de Kristopher ser nocauteada

O desafio foi promovido pelo canal McDojo, especialista em artes marciais. A luta durou seis minutos e acabou com Kristopher no chão. O youtuber é conhecido por fazer um conteúdo misógino e recebeu a melhor resposta que poderia ter. Pra não dizer que foi sorte, Tara derrubou duas vezes Zylinski no tatame.

– Lutador sem um braço vence pela 6.ª vez consecutiva no MMA profissional

“Estou treinada, ele não está, apesar da boa forma. Então… o que aconteceria? Também não é apenas por ter um condicionamento melhor. É algo mental. Ele não está preparado psicologicamente para isso”, afirmou Tara, no vídeo antes da luta.

“Não creio que estou representando todas as mulheres que contribuíram para mudanças nas artes marciais ao longo do tempo, assim como ele não representa todos os homens do mundo”, explicou a lutadora, que é especialista em jiu-jitsu brasileiro e já venceu 27 de 22 lutas na sua carreira.

Tara já recebeu diversas medalhas de ouro e foi uma das principais lutadores de Mixed Martial Arts da década passada nos EUA.

Para não ser injusto… Zylinski disse que 99% dos homens ganhariam numa luta contra 99% das mulheres. Parece que ele está no 1%, não é mesmo? O vídeo da luta viralizou e hoje já conta com mais de 200 mil visualizações no Youtube.

Confira o vídeo completo da luta:

Publicidade

Foto: Reprodução/Youtube


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Padre esquece de desativar filtro do Facebook e reza missa mais divertida da quarentena